Vídeo: Mais informações sobre ocorrência em Cerro Corá

Um motorista de UBER e uma mulher foram detidos acusados de dá apoio a dois assaltantes que invadiram uma residência no município de Cerro Corá e atiraram na viatura da Polícia Militar. O motorista do Uber alega que foi feito refém pelos acusados e obrigado a seguir com eles, mas essa versão não convenceu os Policiais que conduziram o casal para ser apresentado na delegacia Regional de Caicó. Os dois suspeitos de atirarem na viatura seguem foragidos dentro da mata. A mulher é suspeita de fazer parte do grupo criminoso.

Devido as informações desencontradas não vamos divulgar as fotos do casal, por enquanto.

Polícia Militar de Cerro Corá prende um dos assaltantes a residência de empresário

Repórter Seridó – A PM de Cerro Corá prendeu na manhã desta segunda-feira(12) a pessoa de Marcos Antônio, conhecido por totonho acusado de participar do assalto a uma residência de um empresário na cidade, o bando chegou a trocar tiros com os PM’s e fugir pela mata, hoje os policiais receberam uma denúncia e prenderam o acusado.

PLANTÃO DE NOTÍCIA / CN POLÍCIA

Postado em 12 de agosto de 2019 - 8:00h