Ministro anuncia R$ 700 milhões da cessão onerosa para o RN

O secretário da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, anunciou na tarde desta quinta-feira que o Rio Grande do Norte receberá em torno de R$ 700 milhões da cessão onerosa. Esse dinheiro inclui o estado e municípios.

O anúncio pegou de surpresa até o governo. A expectativa era que após a frustração do megaleilão do pré-sal o Rio Grande do Norte recebesse cerca de R$ 160 milhões.  Luiz Eduardo Ramos informou que somente para o RN deverão ser repassados R$ 420 milhões.

Leia também:
Megaleilão do pré-sal: Nordeste perde R$ 1,8 bilhão com frustração

O ministro não explicou a que se devia a diferença entre o valor anunciado e o que foi divulgado na quarta-feira. Segundo ele o valor foi informado pelo Ministério da Economia. O valor divulgado nesta quinta-feira para o RN é exatamente o que era previsto antes da mudança nas regras da partilha, operada no Congresso.

O secretário de Planejamento, Aldemir Freire, explicou que o anúncio surpreendeu. E que não sabia ainda explicar a que se deve a tamanha diferença entre o que era esperado e o que foi anunciado. O secretário explicou que o governo vai aguardar uma confirmação dos valores.

Aldemir Freire explicou também que os R$ 420 milhões não serão suficientes para quitar todos os salários atrasados e o décimo terceiro salário, mas que será possível pagar muito mais do que o planejado.

Mais informações em instantes.

OP9/RN

Postado em 7 de novembro de 2019 - 19:08h