Família busca por homem desaparecido na Grande Natal

A família de Carlos Augusto Pereira da Silva, de 50 anos, procura pelo parente desaparecido desde o sábado (25). Ele saiu da casa da irmã em Parnamirim, na Grande Natal, para ir ao Alecrim, Zona Leste da capital potiguar, e não foi mais visto. Depois de morar 30 anos em São Paulo, Carlos estava desempregado, veio visitar a família e resolveu ficar no Rio Grande do Norte.

Após o desaparecimento, a família tentou contato por telefone mas não conseguiu. Em seguida, parentes registraram um boletim de ocorrência pelo desaparecimento e procuraram por Carlos Augusto em hospitais, delegacias e também no Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN).

Segundo a família, uma pessoa encontrou a carteira dele na rua Presidente Quaresma, no bairro Alecrim, no domingo (26), sem dinheiro mas com os documentos do homem desaparecido. Dentro do objeto, um bilhete com o endereço da casa da irmã e um número de telefone, do sobrinho. O homem ligou para o número e informou ter encontrado a carteira.

De acordo com familiares, Carlos Augusto é casado e tem cinco filhos que moram em São Paulo. Ele morou por 30 anos na capital paulista e estava desempregado. Parentes disseram que ele veio ao RN para visitar a família e tentar encontrar um emprego. De acordo com a família, ele não tem nenhum tipo de problema psicológico.Parentes disseram que Carlos Augusto iria começar a trabalhar com a irmã fabricando cadeiras. Segundo a família, ao sair para comprar materiais, não foi mais visto. Quem tiver informações pode entrar em contato com a família pelo telefone (84) 99679-8000.

G1/RN

Família procura Carlos Augusto Pereira da Silva, de 50 anos, que desapareceu no último sábado (25) na Grande Natal — Foto: Arquivo Pessoal

Postado em 28 de janeiro de 2020 - 18:44h