Motorista de aplicativo é encontrado morto após fim de semana desaparecido

A família do motorista de aplicativo Lucas Samuel dos Santos Santana, de 23 anos, reconheceu um corpo encontrado na zona rural de Canguaretama, como sendo o dele. O corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e, de acordo com informações iniciais, tinha marcas de tiros. O reconhecimento aconteceu na manhã desta segunda-feira (5)

O homem estava desaparecido desde a sexta-feira (2), quando, segundo a família, saiu para fazer uma corrida. O veículo usado por ele para trabalhar, que era alugado, havia sido encontrado no sábado (3) na rua Neuza Farache, em Capim Macio, Zona Sul da capital.

O veículo permaneceu fechado até esta segunda (5) no mesmo local, porque o proprietário do veículo, que tem uma chave reserva, não está em Natal. O veículo deverá ser periciado.

Na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o pai do motorista relatou que esteve com o filho na sexta-feira (2), por volta das 11h, mas que o jovem saiu de casa para fazer uma corrida. No fim da tarde, o homem tentou entrar em contato com o filho, mas não conseguiu. Desde então, a família não tinha mais notícias do jovem.

O rastreador mostrou que o veículo esteve em Canguaretama, há cerca de 80 quilômetros de Natal às 16h20 da sexta (2). Por volta das 18h, o automóvel já estava em Natal.

A Polícia Civil investiga o caso, que, até esta segunda-feira (4), era tratado como desaparecimento. Para a família, só a investigação poderá dizer o que aconteceu.

G1/RN
Carro usado pelo motorista de aplicativo foi encontrado no sábado (3). — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi
Postado em 5 de outubro de 2020 - 12:13h