Dois morrem em confronto com a PF durante operação contra tráfico de drogas pelo Aeroporto de Viracopos

Duas pessoas morreram em confronto com a Polícia Federal na manhã desta terça-feira (6) durante uma operação contra uma organização de tráfico internacional de drogas que tinha como base o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

Ao todo, são cumpridos 44 mandados de busca e apreensão e 35 de prisão temporária nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Amazonas e Rio Grande do Norte. Entre as pessoas presas, estão um policial militar e um policial civil. Todos os mandados foram cumpridos.

Segundo a investigação, um dos homens que morreram já era indiciado por roubo e homicídio, enquanto que o outro não tinha nenhuma passagem. A PF informou que abriu inquérito para apurar as circunstâncias das mortes, ambas em Campinas, mas não deu detalhes sobre como eles aconteceram.

Os óbitos aconteceram nos bairros Campo Belo e Vila Singer. A polícia não passou mais nenhuma informação sobre o confronto que deixou as duas pessoas mortas e nem se houve recolhimento das armas dos suspeitos.

A operação, que recebeu o nome de Overload, conta com o apoio das polícias Civil, Militar, Rodoviária, Receita Federal, além da corregedoria da PM. Entre os presos, há 33 homens e duas são mulheres. O aeroporto é o maior terminal de cargas do Brasil.

Postado em 6 de outubro de 2020 - 12:25h