Polícia Civil esclarece caso de atropelamento que vitimou fatalmente dona de casa no Bairro Santo Antônio em Mossoró

Policiais civis da 2ª Delegacia Distrital (2º DP), com apoio da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC), elucidaram, nesta sexta-feira 20 de novembro de 2020, o caso de atropelamento (colisão) ocorrido na madrugada da úlima segunda feira (16) que vitimou fatalmente a dona de casa,  Aurilucia Carla de Sousa, 42 anos.

De acordo com as investigações, A vítima trafegava de moto com seu esposo, na Rua Delfim Moreira cruzamento com a Melo Franco no Bairro Santo Antônio, quando foram atropelados por carro, que se evadiu do local após o sinistro. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Tarcísio Maia, mas não resistiu aos ferimentos.

Durante o processo investigativo, os policiais civis, analisaram um vídeo que circulou nas redes sociais, mostrando o carro em fuga e conseguiram identificar o veículo utilizado no crime como sendo um “C4 Pallas”, de cor preta, que pertence a um homem de 25 anos. Foi constatado também que o motorista é portador de necessidades especiais, não possuía habilitação e já tem antecedentes criminais. Além disso, ele teria se ausentado do local sem prestar socorro à vítima.

O delegado da 2ª DP, José Vieira de Castro, informou que no veículo estavam quatro pessoas, entre elas duas mulheres. Todos prestaram depoimento na delegacia e confessaram o crime. O motorista será indiciado pelos crimes de homicídio culposo no trânsito e omissão de socorro. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Secretaria de Comunicação Social/PCRN

capa

capa

Postado em 21 de novembro de 2020 - 8:01h