Com ajuda de policiais do RN, família reencontra baiana dada como morta que estava há 13 anos vagando como andarilha

Uma mulher* dada como morte foi reencontrada por sua família no município de Assú, no interior do Rio Grande do Norte, no domingo 12. O momento, mediado pela Polícia Militar, comoveu a todos os presentes, segundo relatos. A mulher estava perdida há mais de 13 anos, vagando pelas rodovias do Brasil.

A mulher foi encontrada pela PM no município de Carnaubais, próximo a Assú, na última sexta-feira 10. Ao saber da história da senhora, a guarnição se mobilizou em encontrar os familiares dela. Um vídeo contando a situação da idosa foi publicado nas redes sociais. A família, de Ireceré, na Bahia, viu a postagem e, de imediato, contatou a força policial do RN.

A senhora, que sempre andava com um pedaço de pau, não reconheceu os familiares. Quando eles tentaram se aproximar, ela manteve distanciamento e, em determinados momentos, tentou agredi-los, como em um gesto de defesa, de acordo com os presentes.

Diante da situação, o SAMU foi acionado e a mulher foi levada à UPA do Alto São Francisco, em Assú. Com o passar das horas, a mulher findou reconhecendo sua família, enquanto estava em atendimento na unidade médica.

“Concluímos essa missão com êxito, de forma que estão de parabéns todo efetivo de Carnaubais. Executamos a ação dentro do Estado Democrático de Direito e de preservação e acolhimento à vida do próximo. Sempre damos nosso melhor, com muito esforço. Graça de Deus conseguimos localizar essa família. Essa é nossa missão: honrar ao juramento da PM/RN de ajudar e proteger sempre”, declarou o sargento Almeida, comandante do destacamento da cidade de Carnaubais. *O nome e a idade da mulher não foram divulgados

AGORA RN

Com ajuda de policiais do rn, família reencontra baiana dada como morta que estava há 13 anos vagando como andarilha
Postado em 13 de setembro de 2021 - 15:31h