Suspeito de atear fogo no corpo e matar a vítima se apresenta à Polícia Civil e fica preso em Mossoró

Antonio Alisson de Souza Silva, foi preso nesta quinta feira 14 de setembro de 2021, após se apresentar acompanhando de uma advogado na 2ª Delegacia Distrital da Polícia Civil no Bairro Nova Betânia em Mossoró no Rio Grande do Norte. Ele é suspeito de ter ateado fogo no corpo do comerciante Clezio Saraiva Dantas, fato ocorrido na madrugada do dia 22 de agosto passado, quando o mesmo estava deitado em uma rede aguardando a caixa d”água encher.

A vítima ficou intermada durante alguns dias no Hospital Walfredo Gurgel em Natal, capital do estado, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no dia 05 de setembro. A investigação do caso teve início na 2ª DP, como tentativa de homicídio, mas com a morte da vítima, o caso passou aser considerado como homicídio.

O delegado da distrital, Dr. Início Rodrigues, concluiu as investigações e chegou ao suspeito de ter cometido o crime. As investigações apontaram que o suspeito estava drogado no momento do crime e que havia entrado em surto psicótico. “Em meio ao surto, o suspeito fantasiou que a filha dele, que não existe, estaria sendo supostamente violentada pela vítima.. 

O pedido de prisão preventiva foi solicitado a justiça e na última sexta feira, o juiz da 1ª Varta Criminal, Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo expediu a ordem de prisão. No final de semana foram realizadas diligências no sentido dar cumprimento ao mandado judicial, mas o suspeito não foi localizado.

Na manhã desta terça feira (14) Alisson de Souza Silva resolveu se entregar. Após o cumprimento do madado de prisão, o suspeito foi encaminhado à Cadeia Pública de Mossoró, onde ficará a disposição da justiça. De acordo com o DPC Inácio Rodrigues, o inquérito será encaminhado à Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que vai dar sequência as investigações.

FIM DA LINHA

capa

Foto reproduzida do Mossoró Hoje

Postado em 14 de setembro de 2021 - 13:58h