Ataque a tiros contra estação de bombeamento deixa 30 cidades do RN sem água nesta segunda-feira (6)

Um ataque a tiros contra uma estação de bombeamento da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), na Grande Natal, causou a suspensão do abastecimento de água para 30 municípios potiguares nesta segunda-feira (6).

O caso aconteceu na Estação de Bombeamento 1 (EB-1), localizada na Lagoa do Bonfim, em Nísia Floresta. Os municípios atingidos são os atendidos pela Adutora Monsenhor Expedito, que utiliza a água da lagoa.

De acordo com Caern, os tiros foram disparados contra os dois transformadores da estação, provocando danos nos equipamentos e paralisação no funcionamento do sistema.

Em nota, a companhia informou que registrou um boletim de ocorrência e que técnicos fazem um levantamento da situação para colocar os equipamentos novamente em funcionamento. A previsão é que o serviço seja restabelecido até a próxima quarta-feira (8).

Depois da retomada do fornecimento, a previsão é que o abastecimento seja normalizado por completo em até 48 horas.

As cidades atendidas pela Adutora Monsenhor Expedito são:

  • Rui Barbosa,
  • São Pedro,
  • São Tomé,
  • São Paulo do Potengi,
  • Japi,
  • Coronel Ezequiel,
  • Jaçanã,
  • São Bento do Trairi,
  • Lajes Pintadas,
  • São José de Campestre,
  • Serrinha,
  • Sítio Novo,
  • Boa Saúde,
  • Serra Caiada,
  • Lagoa de Velhos,
  • Barcelona,
  • Bom Jesus,
  • Lagoa Salgada,
  • Lagoa de Pedras,
  • Tangará,
  • Santa Cruz,
  • Monte das Gameleiras,
  • Serra de São Bento,
  • Passa e Fica,
  • Lagoa D`anta,
  • Monte Alegre,
  • Ielmo Marinho,
  • Santa Maria,
  • Senador Eloi de Souza,
  • Campo Redondo.

Ainda não há informações sobre a motivação do ataque.

G1RN

Marca de tiro em equipamento da estação de bombeamento de água da Caern em Nísia Floresta, na Grande Natal — Foto: Cedida
Marca de tiro em equipamento da estação de bombeamento de água da Caern em Nísia Floresta, na Grande Natal — Foto: Cedida
Postado em 6 de dezembro de 2021 - 14:05h