Júri condena quatro pessoas a mais de 30 anos por assassinato de universitários no RN

Após dois dias de julgamento, o Tribunal do Júri realizado na comarca de Goianinha, região metropolitana de Natal, resultou na condenação de quatro pessoas a mais de 30 anos de prisão pela morte dois universitários na zona rural do município. O crime aconteceu em março de 2013, como um “acerto de contas” por dívidas com o tráfico de drogas.

Ao final do julgamento, Maria Eduarda dos Santos foi condenada a 36 anos e 9 meses de reclusão; José Carlos de Souza foi condenado a 34 anos e um mês de reclusão; Adriana Helena de Souza Machado foi condenada a 32 anos e um mês de reclusão; e Antônio Pedro da Silva de Carvalho foi condenado a 31 anos e 9 meses de reclusão.

Eles foram julgados pelos homicídios qualificados dos universitários José Costa de Lima Júnior e de Manoel Gomes Teixeira Neto, além da prática dos crimes de associação criminosa e de furto qualificado. José Costa era filho de um policial militar aposentado. Manoel Gomes, filho de um vereador do município vizinho, Espírito Santo.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, as vítimas foram mortas no dia 2 de março de 2013, por volta das 23h, em uma estrada carroçável localizada no sítio Fava Seca, próximo à divisa entre os municípios de Espírito Santo e Goianinha.

Postado em 8 de novembro de 2019 - 18:24h

Suspeito morre e três fogem após tiroteio com a PM na Grande Natal

Um suspeito morreu e outros três conseguiram fugir após uma troca de tiros com policiais na tarde desta sexta-feira (8), segundo informou a Polícia Militar. O caso aconteceu na comunidade Manaí, em Extremoz, na região metropolitana de Natal. Uma arma foi apreendida. Nenhum policial ficou ferido.

De acordo com a PM, os suspeitos estavam em uma espécie de toca localizada em um terreno baldio da comunidade. Uma equipe da PM de Extremoz foi até o local após uma denúncia e informou que foi recebida a tiros. Os policiais revidaram e atingiram um dos homens, que foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, na Zona Norte da capital, mas não resistiu.

Durante a ação, os outros três suspeitos conseguiram fugir por um matagal. Buscas foram realizadas na região, mas eles não foram localizados até a publicação desta matéria.

No casa onde os suspeitos estavam, os policiais apreenderam cocaína, entre outras drogas, e uma arma de fogo.

G1/RN

Postado em 8 de novembro de 2019 - 18:21h

183º Homicídio em Mossoró 2019: Homem é morto a tiros no santa Delmira

Mossoró registra mais um Homicídio a bala. O crime aconteceu por volta das 12h25min desta sexta feira 08 de novembro de 2019 no Conjunto Santa Delmira.

Um homem identificado, Paulo Victor Saraiva Dantas, 18 anos morador do Promorar, foi executado a tiros na calçada de um comércio na Praça do Basquete.

Segundo a PM que isola o local, a vítima tinha sido presa com moto roubada e arma caseira, na Avenida Petrônio Portela no Abolição no início do ano.

FIM DA LINHA

Viti

Postado em 8 de novembro de 2019 - 16:17h

Motorista cai em vala e sai do carro para não ser atropelado por trem

Um motorista levou susto na manhã desta sexta-feira (8) na passagem de trem no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal. José Guedes dirigia na Rua Marcílio Dias, próximo à Base dos Fuzileiros Navais da Marinha, quando precisou fazer o retorno próximo à linha do trem.

Ao fazer a volta, o condutor caiu com carro em uma vala e o veículo ficou preso. Uma parte do carro ficou em cima da linha ferroviária. Ao ver a locomotiva se aproximar, José Guedes abandonou o veículo para não ser atropelado. O trem bateu no carro, mas não houve feridos, já que o motorista estava sozinho e conseguiu sair a tempo.

OP9/RN

Postado em 8 de novembro de 2019 - 16:14h

Delegados da Polícia Civil decidem entrar em greve no RN

Os delegados da Polícia Civil do Rio Grande do Norte entrarão em greve por tempo indeterminado a partir de segunda-feira (11). A decisão foi tomada na tarde desta sexta-feira (8) após assembleia. A deliberação segue ao encontro da decisão dos policiais civis e escrivães, que também paralisaram atividades.

Leia também:
Sem acordo, policiais civis decidem paralisar atividades mais uma vez

A categoria, representada pela Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol), está a caminho da Governadoria para comunicar a decisão ao Executivo estadual. Segundo a Adepol, a manifestação busca melhoria das condições de trabalho, aumento do efetivo para as investigações, além da reestruturação de todas as carreiras da Polícia Civil.

OP9/RN

Paralisação começa nesta segunda. Foto: Bruno Vital/OP9

Postado em 8 de novembro de 2019 - 16:10h

Alegria de pobre dura pouco: Ministro errou dado sobre R$ 700 milhões da cessão onerosa para o RN

É como dizem popularmente: “Alegria de pobre, dura pouco”. O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, ligou  para a governadora Fátima Bezerra (PT) e pediu desculpas pelo anúncio de R$ 700 milhões da cessão onerosa para o RN.

A Secretaria de Governo deve emitir nota oficial admitindo o erro. Desde a tarde da quinta-feira (7), a informação que o Rio Grande do Norte receberia um total de R$ 700 milhões – somados estado e municípios – foi recebida com um misto de surpresa e desconfiança pela equipe do governo potiguar.

Leia também:
Secretário fala sobre os R$ 700 milhões da cessão onerosa. Assista
Ministro anuncia R$ 700 milhões da cessão onerosa para o RN
Megaleilão do pré-sal: Nordeste perde R$ 1,8 bilhão com frustração

Até aquele momento, a projeção era de que o estado receberia em torno de R$ 161 milhões. A informação dada pelo ministro foi que somente o estado receberia em torno de R$ 420 milhões. Esse valor era o previsto para a primeira versão da partilha dos recursos, que foi alterada pelo Congresso.

Depois disso, a expectativa de recursos caiu ainda mais devido à frustração do valor obtido no megaleilão do pré-sal: esperava-se arrecadação em torno de R$ 106 bilhões; obteve-se R$ 69,9 bilhões. Com isso, após todas as etapas, o RN ficou com algo estimado na casa dos R$ 160 milhões.

Durante a entrevista coletiva, o general chegou a frisar que havia pedido à sua secretária para checar cuidadosamente a informação. Após a entrevista, o Opinião e Poder-RN tentou falar com o general para explicar o motivo da diferença de valores. Ele se limitou a reiterar a informação e sua secretária disse desconhecer outro dado com relação ao assunto.

Caso a informação dos R$ 700 milhões fosse verdadeira, o estado conseguiria ampliar a capacidade de pagamentos prevista para o final do ano. De qualquer forma, o governo mantém o compromisso de pagar o 13º de 2019 em dia e tentar quitar algo mais das folhas em aberto deixadas pela gestão anterior.

Confira o vídeo no qual o general informa sobre os R$ 700 milhões e aponta o pedido de checagem feito à sua assessora:

OP9/RN
Postado em 8 de novembro de 2019 - 16:08h

Mototaxista assassinado em Santa Cruz era Curraisnovense

O mototaxista encontrado morto na manhã de hoje (8) na cidade de Santa Cruz-RN, foi identificado, e se trata de Daniel Pereira da Silva de 35 anos natural da cidade de Currais Novos-RN.
A informação foi confirmada pelo repórter policial Edmilson Souza, ainda segundo o repórter, Daniel já passou um tempo preso em Currais Novos e estava morando em Santa Cruz há algum tempo trabalhando de Moto taxi e hoje foi encontrado morto em um determinado local próximo a cidade.

JS BLOGUEIRO

Postado em 8 de novembro de 2019 - 16:00h

Mototaxista foi assassinado no município de Santa Cruz/RN

Um mototaxista  identificado até o momento por Daniel foi encontrado morto na manhã de hoje (8) na cidade de Santa Cruz na região trairi do RN.
As informações preliminares é que o corpo do homem foi encontrado em um local conhecido como a barragem do padre, próximo ao morro das aranhas, bairro bastante conhecido naquela cidade. Ainda segundo informações de populares, o crime tem características de execução, pois a sua moto não foi levada pelo(s) criminosos.
A PM isolou o local e está esperando a chegada do ITEP para fazer a remoção do corpo.
JS BLOGUEIRO
Postado em 8 de novembro de 2019 - 15:59h

DISPAROS CONTRA JOVEM NA ZONA RURAL DE ASSÚ, ATINGIU FIGADO E INTESTINO DE VÍTIMA

Os disparos efetuados contra o jovem de 22 anos de idade, João Batista Denis Varela, atingiram o figado e intestino do alvo. A investida contra o pescador aconteceu na tarde de quinta-feira, 07 de Novembro de 2019, na comunidade do Cruzeiro, zona rural da cidade. Denis estava pescando num rio da comunidade quando o idoso de 69 anos de idade, identificado como Cicero Pereira da Silva, efetuou disparos em direção ao jovem que foi alvejado e socorrido para o Hospital de Assú. A princípio, o atentado teria sido motivado, em razão de Cicero se achar proprietário de uma área onde a vítima estava pescando, e que não gostava quando alguém iria pescar naquela localidade.
Denis passou por um procedimento cirúrgico ainda na noite de quinta-feira, no Hospital Tarcísio Maia em Mossoró. Ele se recupera em um dos leitos da unidade hospitalar. Seu quadro clínico de saúde inspira cuidados.
As informações dão conta de que houve uma discussão verbal, terminando na agressão de tentativa de homicídio. A PM fez buscas para prender o velho Cicero, que evadiu-se do local e ainda não foi localizado.  As investigações do caso vai ser apurada pelo delegado Dr. Paulo Pereira Junior.
Da redação – Assú Notícia
Postado em 8 de novembro de 2019 - 8:52h

AGRESSOR DE DOIS FILHOS E IDOSA DE 66 ANOS EM CAMPO GRANDE É PRESO PELA PM

A Polícia Militar de Campo Grande/RN capturou na tarde desta quinta-feira, 07 de Novembro, o agressor de uma senhora de 66 anos e dois filhos.
Durante patrulhamento, o competente Sargento Tarcio juntamente com SD. Amaro e o SD. Silvecesar conseguiram prender André Serafim Rocha, 33 anos, que estava nas proximidades da Rua da Emater.
André Serafim estava sendo procurado por invadir uma residência, agredir uma senhora de 66 anos (sua sogra) e duas crianças de 02 e 12 anos, que são os seus próprios filhos.
O agressor disse aos policiais que cometeu o crime porque sua sogra não aceitava a volta dele com sua esposa, o que não justifica as agressões.
André Serafim foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas, que tem como delegado titular, o delegado Christiano Othon Costa de Melo, onde será feito os procedimentos de praxes.
CG NA MÍDIA
Postado em 8 de novembro de 2019 - 8:51h

ACUSADO DE MATAR A CUNHADA DE 12 ANOS EM APODI É CONDENADO A 23 ANOS DE PRISÃO

Nesta quinta-feira (7) o Conselho de Sentença do Tribunal do Júri Popular da Comarca de Apodi decidiu pela condenação de Paulo Batista de Sousa, 23, pelo homicídio de Maria Carla da Silva, no dia 18 de setembro de 2018.
Maria Clara, de 12 anos, foi morta por estrangulamento por Paulo, que na época era cunhado da menina. O corpo dela foi encontrado um dia antes de completar um mês do seu desaparecimento, em 17 de outubro de 2018.
O julgamento foi iniciado por volta das 9h desta quinta-feira (7). O Ministério Público Estadual, através do Promotor de Justiça Roberto Cezar Lemos de Sá Cruz, apresentou aos jurados as provas obtidas contra o réu durante a investigação.
Durante o julgamento, presidido pelo juiz Antônio Borja de Almeida Junior, o réu, que já havia confessado o crime anteriormente, tentou negar que tivesse matado Maria Clara, mas foi confrontado pelo juiz.
Após serem ouvidas todas as testemunhas, a acusação da promotoria, bem como a defesa do advogado William Lopes Guerra, os jurados decidiram por condenar Paulo a 23 anos e nove meses de prisão em regime fechado.
A pena será somada a outros 8 anos de prisão aos quais ele já foi condenado por ter estuprado a irmã de Maria Clara.
Após o julgamento, Jessica Oliveira, familiar de Maria Carla conversou com o MOSSORÓ HOJE e disse que a família estava muito triste com a sentença, pois acreditam que em pouco tempo Paulo estará em liberdade.
“Estamos triste porque nossa pequena não vai mais voltar. Ela pegou prisão perpétua. Nós não estamos muito bem não com essa sentença, porque nós temos certeza que se ele tirar 8 anos, tira muito. Nós estamos nos sentindo como se estivéssemos derrotados”.
Ela ainda parabenizou o promotor Roberto Cezar Lemos de Sá Cruz pela atuação durante o julgamento.
“Nós da família parabenizamos o promotor, ele foi essencial. Ele falou tudo. Mais tá bom, porque a justiça do homem é falha, mas a do nosso Deus é a melhor”, concluiu.
Mossoró Hoje
Postado em 8 de novembro de 2019 - 8:50h

Vídeo: Grave acidente envolvendo moto e carro foi registrado em Areia Branca

Uma colisão envolvendo uma motocicleta e um carro tipo Ranger na cidade de Areia Branca, deixou o motociclista ferido gravemente.
O acidente ocorreu na tarde desta quinta feria 07 de novembro de 2019, na entrada da cidade. De acordo com informações, o motoqueiro é de Ponta do Mel identificado como Eliandro Lima de Oliveira, que foi socorrido por uma equipe do SAMU local, com as duas pernas fraturadas e não usava capacete. As circunstâncias do acidente ainda são desconhecidos. A PRF deverá ser acionada para os trabalhos de perícia no local.
PASSANDO NA HORA
Postado em 8 de novembro de 2019 - 8:03h

Homem acusado de matar esposa à machadadas, em 1997, é preso em Natal

Um homem acusado de matar a esposa à machadadas, em 1997, foi preso nesta quinta-feira (7), enquanto trabalhava na portaria de uma clínica, no bairro de Lagoa Nova, zona sul de Natal. Condenado a 14 anos de prisão em regime fechado, por homicídio qualificado, ele vivia uma vida normal e trabalhava com carteira assinada há pelo menos 10 anos.

Francisco Solano Ambrósio de Moura, de 56 anos, não resistiu à prisão e disse não ter cometido o crime. O processo diz que “o acusado desferiu um golpe de sua companheira, Maria de Fátima Oliveira” e que “o delito foi cometido sem dar nenhuma oportunidade de defesa, visto que a vítima estava trancada no interior da residência”.O processo transita em julgado, que é quando não há mais forma de recorrer sobre a condenação. Moura foi condenado em juri popular, em 2015, e recorreu em liberdade. Ele passou a noite na carceragem da central de flagrantes. A defesa disse que vai se inteirar do processo e pretende recorrer à instâncias superiores da justiça.

G1/RN

Postado em 8 de novembro de 2019 - 7:51h

182º Homicídio em Mossoró 2019: Serralheiro baleado na tarde de hoje no Macarrão morre no hospital Tarcísio Maia

Início de noite desta quinta feira, as estatísticas da violência em Mossoró na região oeste do Rio Grande, aumentam com registro de mais um homicídio a bala na cidade. O serralheiro José Diego das Chagas Silva de 20 anos, baleado com um tiro na cabeça no início da tarde de hoje no bairro Aeroporto II (Macarrão), morreu no Hospital Tarcísio Maia.

José Diego, estava no local de trabalho, uma serraria localizada na Rua José Nilson de Souza, próximo ao condomínio Celine Guimarães naquele bairro, aguardando o patrão chegar para abrir o estabelecimento para dar início ao trabalho, quando uma dupla de moto, usando farde de empresa de cor amarela, chegou e sem que houvesse qualquer discussão atirou na vítima.

O jovem serralheiro, foi atingido com um tiro na cabeça e socorrido por populares para o Hospital Regional Tarcísio Maia e mesmo sendo submetido a intervenção cirúrgica, não resistiu e acabou morrendo naquela unidade hospitalar. Até o momento não há informações sobre a motivação do crime.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), comandada pelos delegados, Leonardo Germano e Valtair Camilo de Paiva, vai investigar o caso e tentar chegar aos autores do homicídio. O corpo do jovem, vai ser examinado e depois liberado para sepultamento. Já são 182 homicídios registrados em Mossoró neste ano de 2019.

FIM DA LINHA

182

Postado em 8 de novembro de 2019 - 7:49h

“Policiais que precisam correr atrás de bandido terão estabilidade mais cedo, já o carimbadores de papéis, só depois de 15 anos”, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira, 7, que a reforma administrativa que o governo deve enviar ao Congresso nos próximos dias poderá ter prazos diferentes para que cada carreira alcance a estabilidade no serviço público.

“Vamos discutir com cada carreira o tempo de teste. Policiais que precisam correr atrás de bandido podem ter estabilidade mais cedo, mas aqueles ‘carimbadores de papel’ podem ficar estáveis só depois de 15 anos. Vamos debater”, afirmou, em palestra do evento Diálogos com o TCU, organizado pelo Tribunal de Contas da União.

Guedes também defendeu as medidas já anunciadas essa semana no Plano Mais Brasil para transformar a estrutura do Estado. “Ao mesmo tempo em que abrimos o regime político, não conseguimos transformar economia. Agora temos que transformar a máquina, por meio do novo pacto federativo”, considerou.

Ele citou o exemplo do federalismo nos Estados Unidos para mostrar que lá cada Estado e município é responsável pelos seus problemas financeiros. Pela proposta de novo pacto, a União não poderá mais oferecer socorro aos Estados a partir de 2026, quando os bancos públicos também ficarão proibidos de conceder crédito aos governos estaduais. “Nos EUA só há socorro a Estados e municípios em momentos de desastres naturais”, comentou.

Mais uma vez, o ministro pediu tempo para que os resultados das medidas adotadas pelo governo Bolsonaro apareçam na economia. “Dá para esperar um ano, um ano e meio?”, reafirmou. “Com o corte de gastos, a taxa de juros já veio de 7% para 5% e vai continuar caindo. Só com a queda da Selic, o gasto com juros vai cair R$ 100 bilhões em 2020”, completou.

Em longa explanação inicial, o ministro realizou ainda uma ode ao capitalismo e alertou para o crescimento do Oriente em meio à perda de riqueza em países centrais do Ocidente. “Nunca o capitalismo foi tão forte, nunca as engrenagens de mercado funcionaram com tanta potência. O Oriente está enriquecendo, enquanto o Ocidente está saindo da fartura. Os europeus pararam de trabalhar e os EUA fizeram pontes de papel para a riqueza, enquanto os asiáticos mergulharam no capitalismo e estão enriquecendo. O Ocidente não está aguentando competição”, palestrou.

Sempre elogioso ao neoliberalismo implementado no Chile, Guedes voltou a minimizar a onda de protestos no país sul-americano. “Existe um caminho testado que reconstruiu o Chile. O Chile agora tem protestos igual à França, em países ricos também têm isso na democracia. Mas na China não tem protestos, precisamos interpretar corretamente e não cair em pistas falsas”, completou.

JAIR SAMPAIO
Postado em 7 de novembro de 2019 - 19:16h

Ministro anuncia R$ 700 milhões da cessão onerosa para o RN

O secretário da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, anunciou na tarde desta quinta-feira que o Rio Grande do Norte receberá em torno de R$ 700 milhões da cessão onerosa. Esse dinheiro inclui o estado e municípios.

O anúncio pegou de surpresa até o governo. A expectativa era que após a frustração do megaleilão do pré-sal o Rio Grande do Norte recebesse cerca de R$ 160 milhões.  Luiz Eduardo Ramos informou que somente para o RN deverão ser repassados R$ 420 milhões.

Leia também:
Megaleilão do pré-sal: Nordeste perde R$ 1,8 bilhão com frustração

O ministro não explicou a que se devia a diferença entre o valor anunciado e o que foi divulgado na quarta-feira. Segundo ele o valor foi informado pelo Ministério da Economia. O valor divulgado nesta quinta-feira para o RN é exatamente o que era previsto antes da mudança nas regras da partilha, operada no Congresso.

O secretário de Planejamento, Aldemir Freire, explicou que o anúncio surpreendeu. E que não sabia ainda explicar a que se deve a tamanha diferença entre o que era esperado e o que foi anunciado. O secretário explicou que o governo vai aguardar uma confirmação dos valores.

Aldemir Freire explicou também que os R$ 420 milhões não serão suficientes para quitar todos os salários atrasados e o décimo terceiro salário, mas que será possível pagar muito mais do que o planejado.

Mais informações em instantes.

OP9/RN

Postado em 7 de novembro de 2019 - 19:08h

Acusado de homicídio vai ao próprio julgamento armado e acaba preso

Um suspeito de homicídio foi preso durante o próprio julgamento por ter comparecido à sessão armado. Cosme Moreira de Pontes é acusado de ter matado Matias Moreira da Silva com quatro golpes de objeto perfuro cortante, no ano de 2010.

A prisão ocorreu na manhã desta quinta-feira (7), por volta das 9h, na cidade de Santa Cruz, região Agreste do Rio Grande do Norte. Cosme Moreira passava pela ante sala e seguia para o Tribunal do Júri Popular, quando um promotor percebeu a arma e acionou a polícia.

Ele foi detido por policiais da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar. O acusado está preso na Delegacia Regional de Santa Cruz.

OP9/RN

Postado em 7 de novembro de 2019 - 19:07h

181° Homicídio em Mossoró 2019: Popular é morto a tiros no Bairro Barrocas

A cidade de Mossoró, na região oeste do Rio grande do Norte registra nesta tarde de quinta-feira 7 de novembro de 2019 mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo.

o crime aconteceu na Rua Nemésio Medeiros da Costa confluência com a avenida Alberto Maranhão no bairro Barrocas.

A vítima identificada como Gilberlando da Silva, 37 anos, era natural de Catolé do Rocha no estado da Paraíba, foi morto com cerca de cinco tiros na calçada de sua casa.

Informações que a vítima estava deitado com a mulher em uma rede na calçada, quando dois homens em uma moto, passaram observando em frente a residência, retornaram e um garupa efetuou os disparos.

O rapaz ainda tentou correr, mas sem êxito acabou sendo baleado e morto. O delegado Rafael Áreas esteve no local onde falou com a Imprensa. Ele não descarta a hipótese de que o crime esteja relacionado com caso amoroso.

A vítima não tinha passagem pelo sistema prisional e segundo informações repassadas a Polícia Civil, Gilberlando estaria convivendo com uma mulher há pouco tempo.

A polícia militar isolou o local até a chegada da delegacia de homicídios e do instituto técnico-científico de perícia (Itep) Após os procedimentos de perícia o corpo de Gilberlando foi removido para exames de necropsia no IML.

Mossoró chega aos 181 assassinatos em 2019. Caso para da DHPP investigar

FIM DA LINHA

121

Postado em 7 de novembro de 2019 - 19:03h

Assembleia Legislativa do RN rejeita reajuste de 16% a servidores do Estado

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte rejeitou nesta quinta-feira (7) a proposta de aumento salarial para parte dos servidores públicos do Estado. O incremento nos salários foi proposto através de uma emenda ao projeto do governo que aumentou os vencimentos dos procuradores estaduais em 16,38%.

A proposta previa os mesmos 16,38% de reajuste para os servidores. Na votação da emenda, houve 11 votos a favor e 12 abstenções. Ninguém votou “não”, porém a proposta não teve os 13 votos que precisava para a aprovação. O reajuste dos procuradores foi aprovado com 19 votos.

De acordo com o deputado Nelter Queiroz (MDB), propositor da emenda, ela atendia o aumento a aproximadamente 35 mil servidores. “São aqueles que recebem aproximadamente um salário mínimo e ficaram de fora das reposições. Técnicos nível ‘D’, ASGs…”, explica.

Postado em 7 de novembro de 2019 - 19:01h

Operação que resultou em morte de policial da Paraíba foi autorizada pelo 8º Batalhão da PM do RN

A operação de busca a um foragido no município de Tacima, na Paraíba, que acabou com a morte de um policial militar paraibano foi autorizada pelo comando do 8º Batalhão da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. O documento consta no inquérito policial que investiga a ação. Os três policiais militares do RN envolvidos na ação estão afastados de suas funções.

Apesar da autorização do 8º Batalhão, o comando geral da Polícia Militar não foi informado sobre a operação. Um dia após a ação, no dia 30 de outubro, o comandante-geral da PM do Rio Grande do Norte, coronel Alarico Azevedo reforçou que toda operação que envolva estados vizinhos precisa ser comunicada ao comando-geral.

“Todo deslocamento de um estado para o outro, de uma polícia militar para outra, é feito o contato entre os comandantes gerais, como já fizemos anteriormente em várias outras ocorrências tanto com a Polícia Militar da Paraíba, como do Ceará. Eu não tive conhecimento, por isso não mantive contato com o coronel Euller Chaves (comandante geral da PB) informando dessa operação, pedindo autorização e um trabalho conjunto”, disse à época.

G1 voltou a procurar a corporação nesta quinta-feira (7) para saber se houve falha do Batalhão, porém a assessoria de imprensa informou que o comando não iria comentar, por ser um assunto apurado pelo inquérito militar instaurado. Já a Polícia Militar da Paraíba reforçou que não foi comunicada da operação da PM potiguar.

Postado em 7 de novembro de 2019 - 18:56h

Dois homens são presos com arma roubada de empresa de segurança em Natal

A Polícia Militar prendeu dois homens com uma arma roubada de uma empresa de segurança, no bairro Potengi, zona norte de Natal, na noite desta quarta-feira (6). Um deles tinha mandado de prisão em aberto.

Policiais faziam um patrulhamento na Avenida Itapetinga quando suspeitaram de um carro parado em frente ao presídio provisório Raimundo Nonato. Na casa de um deles, em Extremoz, cidade da Grande Natal, além da arma também a polícia encontrou maconha, R$ 825 em dinheiro, uma balança de precisão. Eles foram conduzidos para a delegacia de plantão da Zona Norte.

G1/RN

Postado em 7 de novembro de 2019 - 10:10h

PEC que transforma agente penitenciário em polícia penal é aprovada em 2º turno

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira 6 de novembro de 2019, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372/17, do Senado, que cria as polícias penais federal, dos estados e do Distrito Federal.

A matéria foi aprovada por 385 votos a 16 e será enviada à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) para elaboração da redação final. Em seguida, será promulgada.

Também foi aprovado, por 378 votos a 5, o destaque do PL que retirou do texto a possibilidade de lei específica de iniciativa do Poder Executivo definir outras atribuições para as polícias penais, além da segurança de estabelecimentos penais.

De acordo com a PEC, o quadro das polícias penais será formado pela transformação dos cargos isolados ou dos cargos de carreira dos atuais agentes penitenciários ou equivalentes e também pela realização de concurso público.

A proposta inclui os agentes penitenciários no artigo 144 da Constituição, ao lado de policiais militares, federais, civis, rodoviários e ferroviários. Eles serão vinculados tanto à União, no caso da polícia penal federal, quanto aos estados, no caso das estaduais e distritais.

De acordo com a PEC, cabe aos novos policiais a segurança dos estabelecimentos penais. Os agentes penitenciários já possuem porte de arma de fogo.

JAIR SAMPAIO

Postado em 7 de novembro de 2019 - 10:06h

Mulher acusada de mandar matar a própria mãe a marretadas é absolvida; júri condena pedreiro a 12 anos

Após quatro anos de espera e 13 horas de julgamento, o júri popular decidiu absolver uma mulher que era acusada de ser a mandante do assassinato da sua própria mãe, a marretadas. O crime aconteceu no município de Macaíba, região metropolitana de Natal, em julho de 2015.

Assassino confesso, o pedreiro Geraldo José Amaro do Nascimento, que trabalhava na casa da vítima, foi condenado a 12 anos e 6 meses de prisão por homicídio triplamente qualificado.

Taliany Masquiza de Freitas Lourenço, de 26 anos, foi acusada de ter sido a mandante do crime que vitimou sua própria mãe, Normalice de Freitas Lourenço, de 41 anos, na noite de 30 de julho de 2015, dentro de uma casa no centro de Macaíba, cidade da região Metropolitana de Natal.

G1/RN
Postado em 7 de novembro de 2019 - 10:05h

Homem é preso por importunação sexual em trem da Grande Natal

Um homem foi preso por importunação sexual a uma passageira do trem da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, ele foi detido após a chegada do veículo à estação de Ceará-Mirim, em uma das viagens dessa quarta-feira (6).

Os policiais militares relataram que o homem, identificado por José Hilton Henrique da Silva, vulgo Chiquitinha, de 35 anos, foi detido pelas pessoas que estavam na estação. “Populares relataram que ele estava se esfregando em uma mulher e que ele já havia feito isso outras vezes”, destacou a PM.

De acordo com a corporação, o homem já responde por homicídio, roubo e furto. O caso foi levado para a Delegacia de Plantão da zona Norte de Natal para a realização de procedimentos cabíveis.

Portal No Ar

Postado em 7 de novembro de 2019 - 10:03h

Ex-prefeito de cidade do interior do RN é condenado a 9 anos de prisão

O ex-prefeito de Caiçara do Norte, cidade distante 149 quilômetros de Natal, foi condenado a 9 anos e um mês de reclusão. De acordo com a 15ª Vara Federal do Rio Grande do Norte, a pena deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado.

José Edilson Alves de Meneses recebeu a sentença nesta quarta-feira (6) por desvio de dinheiro público no ano de 2001. Segundo a Justiça, R$ 100 mil foram desviados de um convênio entre o município e a União, que eram destinados à promoção de ações sociais e comunitárias de enfrentamento à pobreza na cidade.

Um relatório do governo federal citou diversas irregularidades cometidas pelo então gestor, o que resultou na reprovação da prestação de contas. No documento não havia referência a metas alcançadas nem o número dos serviços feitos.

Na sentença, o juiz Federal Hallison Bezerra, titular da 15ª Vara, ressalta que “ele chamou atenção também para a falta de comprovação das ações realizadas e o fato de que José Edilson Alves apresentou notas fiscais de empresas que afirmaram, em juízo, nunca terem prestado serviço ao município”.

OP9/RN

Postado em 7 de novembro de 2019 - 9:00h