Chuva alaga ruas, invade casas, fecha unidades de saúde e suspende aulas e viagens de trem em Natal

Morador joga água para fora de casa, após alagamento na rua Rua Santa Clara, bairro Felipe Camarão, em Natal — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

As fortes chuvas que caem sobre Natal e cidades da região metropolitana desde a segunda-feira (28) provocaram alagamentos em ruas e casas da capital, causaram suspensão das aulas nas escolas municipais, dos atendimentos em unidades de saúde e do funcionamento das linhas de trens urbanos.

As estações pluviométricas do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registraram acumulados de até 240 milímetros em 24 horas, na Zona Norte da capital.

“200 milímetros significam 200 litros de água por metro quadrado. Então imagine o transtorno da população recebendo essa carga de água em um metro quadrado, especialmente em áreas ipermeabilizadas, onde causa alagamentos”, destacou o meteorologista Gilmar Bristot, da Empresa de Pesquisas Agropecuárias do Rio Grande do Norte (Emparn).

A Defesa Civil de Natal recomendou que, quem puder, deve evitar sair de casa.

Rua Interventor Mário Câmara alagada em Natal — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

Ainda segundo a Defesa Civil, há risco de alagamentos e inundações nos rios e córregos do município.

Lagoas de captação transbordaram e casas ficaram alagadas em bairros de diferentes regiões da cidade. Uma das regiões afetadas foi o bairro de Pajuçara, na Zona Norte de Natal.

G1RN CONTINUA…..

Postado em 28 de novembro de 2023 - 19:48h