Homem que matou esposa na Zona Norte de Natal agredia e ameaçava a vítima, diz filho: ‘É meu inimigo número um’

O homem que foi preso por suspeita de matar a esposa com um tiro na cabeça, na madrugada desta segunda-feira (1º), na Zona Norte de Natal, agredia e ameaçava a vítima constantemente, segundo disseram familiares.

O homem já tinha passagens na polícia por crimes como porte ilegal de arma, receptação e formação de quadrilha. Ele também já tinha sido preso há mais de 10 anos em uma operação que investigava a atuação de grupos de extermínio.

“Ele batia muito nela. Toda vez que ela queria sair de casa, ele fica procurando ela, indo até onde ela estava. Entrava na mente dela. Ela se sentia com medo de ele fazer alguma coisa com a gente, e ela voltava. Para mim, ele é meu inimigo número um”, afirmou um filho do casal, que pediu para não ser identificado na matéria.

“Ele tinha arma em casa, e ela vivia sob constante ameaça. Ela não se separava dele porque ele ameaçava matá-la e matar mãe, família. Ele dizia que, se ela o deixasse, ele cometia esse crime. Ela não deixava ele por isso”, disse um tio da vítima, que pediu para não ser identificado”, disse um tio da vítima.

A comerciante Jussara Kelly de Medeiros, de 43 anos, foi assassinada a tiros na madrugada desta segunda-feira (1º) na Zona Norte de Natal. O marido dela foi preso em flagrante.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta de 1h20 na Avenida dos Expedicionários, no conjunto Parque dos Coqueiros, bairro Nossa Senhora da Apresentação.

Ainda de acordo com a corporação, o suspeito teria assassinado a sua esposa com um disparo de arma de fogo na cabeça, na casa onde os dois moravam.

Ao chegarem no local, os policiais constataram que a vítima já estava sem vida e o suspeito havia fugido.

Após fazerem o isolamento do local do crime, os policiais realizaram buscas na área com as informações sobre o suspeito e o veículo que ele conduzia. Com isso, eles conseguiram localizar o homem em um motel. Ainda de acordo com a PM, o homem se entregou e assumiu a autoria do crime.

“Capturado e identificado, o indivíduo tinha ainda em sua posse 15 munições e uma pistola, possivelmente usada no crime. O suspeito, o veículo, a arma e as munições apreendidas foram conduzidos até à Delegacia de Plantão da Zona Norte para os procedimentos legais”, informou a PM.

Segundo vizinhos, o crime pode ter sido motivado porque a mulher queria se separar do marido. O casal tinha dois filhos e era proprietário de dois comércios localizados vizinhos à casa onde o crime aconteceu.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

G1RN

Jussara Kelly de Medeiros foi morta a tiros na Zona Norte de Natal — Foto: Cedida

Postado em 2 de maio de 2023 - 8:09h