Mossoró registra o 101º Homicídio de 2019: Popular é perseguido e morto com um tiro nas costas no quintal de uma residência no Dom Jaime Câmara

A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, registra na madrugada desta quarta feira, 17 de julho de 2019, mais um homicídio, o segundo em menos de 30 minutos e no mesmo bairro onde ocorreu o primeiro assassinato, ou seja no Dom Jaime Câmara (Malvinas)

Desta vez o crime aconteceu em uma residência na Rua Antônio Nogueira de Lucena, na conhecida“Favela do Velho”., onde um homem conhecido apenas como Wanderlânio Silva Marques, Negrada” foi perseguido e morto com um tiro nas costas, dentro do quinta da casa, para onde o mesmo correu tentando escapar da morte.

Durante a perícia no local, os profissionais do Itep encontraram com a vítima, um saco plástico com algumas pedras de crack e outros dois saquinhos com maconha. Ainda não há informações sobre a motivação do crime, mas a polícia civil não descarta a possibilidade de que esteja relacionado com o tráfico de droga.

A dona da casa, onde Negrada foi morto disse ao delegado de plantão Dr. Evandro Luiz dos Santos, que estava dentro de sua residência, quando ouviu uma pessoa gritando pedindo socorro no quinta e quando ela abriu a porta encontrou a vítima agonizando e ligou para o Samu.

Por ser um local escuro, uma pequena rua sem calçamento e com esgotos a céu aberto, a Polícia Militar demorou para encontrar o local. O Samu já havia procurado a casa, mas não encontrou e retornou a base. Minutos depois foi possível a localização pela PM. Como a equipe do Itep estava na região realizando procedimento de perícia em um local de crime, ao termino dos trabalho se dirigiu para o segundo homicídio.

O corpo de Negradas foi recolhido e encaminhado ao ITEP para ser necropsiado. Mossoró chega nesta quarta feira aos 101 assassinatos em 2019. O crime vai ser investigado pela Divisão de Homicídios de Mossoró.

FIM DA LINHA

Postado em 17 de julho de 2019 - 11:21h