Dor e silêncio no enterro de jovem que seria alvo errado de assassinos

A manhã de domingo (03/11) foi de tristeza, luto e silêncio em Jaçanã, a 147 quilômetros de Natal. O corpo de Monaísa dos Santos Silva, 18 anos, foi sepultado no cemitério do município no início da manhã. Moradores estão marcados por tanta violência em uma cidade de pouco mais de 7 mil habitantes.A manhã de domingo foi de tristeza, luto e silêncio em Jaçanã, a 147 quilômetros de Natal. O corpo de Monaísa dos Santos Silva, 18 anos, foi sepultado no cemitério do município no início da manhã. Moradores estão marcados por tanta violência em uma cidade de pouco mais de 7 mil habitantes.

OP9/RN

Postado em 3 de novembro de 2019 - 18:28h