Tragédia de 13 de Maio em Currais Novos completa 47 anos

Nesta quinta-feira completa 47 anos da maior tragédia do município de Currais Novos, município localizado na região Seridó do Rio Grande do Norte, que ficou conhecido como o desastre de 13 de maio de 1974.

O fato trágico aconteceu por volta das 18h50, quando um ônibus da empresa Princesa do Seridó, que chegava de Natal, apresentou problemas nos freios e atropelou dezenas de fiéis que participavam do final do percurso da tradicional procissão em honra a Nossa Senhora de Fátima, na avenida principal do bairro Paizinho Maria, tirando a vida de 24 católicos e deixando dezenas de pessoas feridas.

O pároco de Sant’Ana, o saudoso Monsenhor Ausônio Araújo só não faleceu naquele acidente por que foi puxado pela batina por um fiel católico. Entre os mortos estavam o Dr. Antônio Othon Filho, o Dr. Nithon, que foi vereador e Intendente de Currais Novos.

No dia 13 de maio de 1974,um ônibus desgovernado atropelou dezenas de fiéis que participavam da tradicional procissão em honra a Nossa Senhora de Fátima na Avenida do Bairro Paizinho Maria

Postado em 13 de maio de 2021 - 21:26h