Padre de Afonso Bezerra morre aos 41 anos de Covid-19 em Natal

O padre Francisco Erivaldo Barboza, conhecido como padre Naldo, morreu nesta terça-feira (1º) em decorrência da Covid-19. Ele tinha 41 anos de idade.

De acordo com informações da Arquidiocese de Natal, o padre começou a sentir os primeiros sintomas no início de maio, em Afonso Bezerra. Ele foi transferido para Natal e, desde o dia 7, estava internado na UTI da Policlínica.

O sepultamento será na cidade de Itajá, onde ele nasceu.

Padre Naldo foi ordenado sacerdote em 14 de agosto de 2014, na Catedral Metropolitana de Natal, por Dom Jaime Vieira Rocha. Após a ordenação, foi nomeado vigário paroquial da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Ceará-Mirim. Em 15 de agosto de 2015, foi transferido para a Paróquia de São José Operário, em Jandaíra, onde ocupou a função de administrador paroquial, ficando lá até 13 de agosto de 2019, quando passou a ser pároco da Paróquia de Nossa Senhora das Graças, de Afonso Bezerra.

Em nota, a Arquidiocese de Natal agradeceu “à equipe médica e aos demais profissionais da saúde por todo o empenho durante o tratamento do Padre Francisco Erivaldo”.

“Aos seus familiares, especialmente seus pais e irmãos, aos paroquianos, ex-paroquianos, amigos e aos membros de nosso clero, desejamos que este momento de dor seja atravessado na firme confiança no Deus da Vida e na esperança da feliz Ressurreição”, diz a nota assinada pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.

G1RN

padre Francisco Erivaldo Barboza, conhecido como padre Naldo, morreu nesta terça-feira (1º) em decorrência da Covid-19 — Foto: Arquidiocese de Natal

padre Francisco Erivaldo Barboza, conhecido como padre Naldo, morreu nesta terça-feira (1º) em decorrência da Covid-19 — Foto: Arquidiocese de Natal

Postado em 1 de junho de 2021 - 20:23h