Empresa pune com demissão vigilante baiano acusado indevidamente por ex-companheira em Caicó

Conheça a luta de um jovem Soteropolitano para se estabelecer socialmente em Caicó após ser acusado “indevidamente” de agressões físicas pela ex-companheira (namorada)“Sou negro e pobre, mas sou do bem”.

Jaime deixou a capital baiana, Salvador, para apostar em um amor em Caicó, mas desde que tomou a decisão não lhes faltaram problemas, especialmente porque viveu um romance conturbado com uma caicoense.

Recentemente o rapaz foi preso mas conseguiu provar que estava sendo vítima de uma farsa, onde sua companheira criou falsas acusações o apontando autor de agressões físicas, o que foi facilmente desmentido.

No último final de semana, novamente, o rapaz voltou a ter o nome e imagem expostos em redes sociais supostamente por ter agredido a ex-companheira, que não admite, segundo ele, o fim do relacionamento conturbado.

Há 90 dias empregado em uma empresa de vigilância que presta serviço de segurança privada em uma unidade bancária na cidade de Caicó, Jaime foi demitido após novo escândalo criado pela ex-companheira, que prometeu expulsá-lo da cidade.

Foram vários os contatos feitos com o blog Jair Sampaio de caicoenses relatando o prejuízo social para Jaime. De acordo com os relatos que recebemos, o rapaz está sendo injustiçado por uma mulher que não aceita o FIM DO RELACIONAMENTO.

Ladeado de boas amizades, Jaime diz que sabe que novamente provará inocência, mas admite que a ameaça feita pela ex-companheira está sendo executada e cumprida por ela: “Disse que só sossega quando me vir desempregado e fora de Caicó”.

Um dos relatos enviados ao blog Jair Sampaio é de um familiar da mulher que acusa Jaime de supostas agressões físicas no final de semana: “É tudo mentira dela! No seu celular (dela) tem arquivos que mostram manchas no corpo e ela usa contra o rapaz, que nunca o encostou as mãos, e isso a família não admite e se põe a ajudar a Jaime para que a verdade seja restituída e que ele tenha paz e viva sua vida em Caicó, como ele quer”, ressaltou.

Em contato com o blog Jair Sampaio nessa manhã, 07, Jaime admitiu também que não vai desistir de morar em Caicó, que trocou a terrinha Soteropolitana pela de Santana: “Sou negro e pobre, mas meu coração é gigante, fiz grandes amigos aqui, e todos me encorajam a ficar, inclusive estão conseguindo novo emprego para mim, já que fui demitido da Interfort por meu nome aparecer nas postagens da minha ex me acusando indevidamente. Deus cuidará de tudo”, desabafa o baiano.

A mulher também fez contato com o blog Jair Sampaio relatando que precisava que a postagem fosse apagada, pois estava sendo pressionada pela família. Relembre postagem que a suposta vítima fez no último domingo, 02 / 07 / 2021, aqui.

JAIR SAMPAIO
Postado em 7 de julho de 2021 - 13:00h