Polícia Civil deflagra Operação “Miragem” e prende 11 suspeitos por associação ao tráfico de drogas em Natal

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Natal, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Penal do Rio Grande do Norte, deflagraram, nesta terça-feira (05), a Operação “Miragem”, com o objetivo de combater o tráfico de drogas na capital potiguar. Após oito meses de investigação, a operação possibilitou o cumprimento de 26 mandados de busca e apreensão e 11 mandados de prisão preventiva em desfavor dos suspeitos.

Ao longo do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foram efetuadas duas prisões em flagrante delito. As diligências também ocasionaram a apreensão de aparelhos celulares, uma pistola .40 e porções de maconha.

Foram presos preventivamente: Pedro Henrique de Araújo Ferreira, mais conhecido como “Pedrinho”, Elton Allyson Cardoso, Lucas Varela de Oliveira, Nailson Sandro de Lima, Matheus Filipi Almeida da Silva, Jurandir Correia de Lima Neto, David Praxedes Rodrigues, Mayckel Rafael da Silva, mais conhecido como “Mago Babi”, Railson Pereira de Souza, mais conhecido como “Okt”, Victor Cândido de Souza e Silva, mais conhecido como “Playboy”, e Lucas Kelson Bezerra dos Santos. Matheus Filipi Almeida da Silva também foi detido em flagrante pela suspeita da prática do crime de tráfico de entorpecentes; com Lucas Kelson Bezerra dos Santos foi apreendida uma pistola .40 e uma porção de “skank”, motivo pelo qual foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas.

Segundo o delegado-adjunto da DENARC Natal, a associação criminosa atuava em diversas regiões de Natal e região metropolitana, entretanto, tinha como foco principal abastecer o tráfico de entorpecentes no bairro de Mãe Luiza, comunidade que, sem dúvida, após as prisões realizadas, está mais segura.

Os mandados foram expedidos pela 12ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN). Eles foram conduzidos até a delegacia, interrogados e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 e/ou para o número da DENARC: (84) 98135-6050 (WhatsApp).

PORTAL BO

Postado em 5 de julho de 2022 - 15:34h