Ministro da Justiça pede para PF investigar institutos de pesquisa

O ministro da Justiça, Anderson Torres, anunciou, nesta terça-feira (4/10), no Twitter, que autorizou a Polícia Federal (PF) a abrir inquérito sobre a atuação dos institutos de pesquisas eleitorais.

“Acabo de encaminhar à PF pedido de abertura de inquérito sobre a atuação dos institutos de pesquisas eleitorais. Esse pedido atende à representação recebida no Ministério de Justiça e Segurança Pública que apontou ‘condutas que, em tese, caracterizam a prática de crimes perpetrados’ por alguns institutos”, escreveu Torres.

epois do primeiro turno, institutos de pesquisa, como o Datafolha e o Ipec, ex-Ibope, vem sendo atacados e criticados por terem divulgado, na véspera das eleições, pesquisas muito distantes do resultado final na disputa por vários cargos.

Em alguns casos, os institutos chegaram a cravar uma vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda em primeiro turno. Agora, o petista concorre ao segundo turno contra Jair Bolsonaro (PL).

Depois do primeiro turno, institutos de pesquisa, como o Datafolha e o Ipec, ex-Ibope, vem sendo atacados e criticados por terem divulgado, na véspera das eleições, pesquisas muito distantes do resultado final na disputa por vários cargos.

Em alguns casos, os institutos chegaram a cravar uma vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda em primeiro turno. Agora, o petista concorre ao segundo turno contra Jair Bolsonaro (PL).

JAIR SAMPAIO

Postado em 4 de outubro de 2022 - 21:27h