Governo acaba com a obrigatoriedade do uso de simuladores nas auto escolas e preço da CNH deve cair 15 por cento.

As auto escolas não são mais obrigadas a manter simuladores para os aspirantes a CNH. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse nesta quinta feira, 13 de junho,que o governo decidiu retirar a obrigatoriedade do uso do equipamento para a expedição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A medida foi aprovada durante a primeira reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) ocorrida nesta quinta feira. Além de acabar com a obrigatoriedade do uso de simulador, o Contran também diminuiu de 25 para 20 horas o número de aulas práticas para os aspirantes a habilitação da categoria B.

“A gente já vinha falando ao longo do tempo e hoje estamos tirando a obrigatoriedade dos simuladores, que passam a ser facultativos. Será uma opção do condutor fazer a aula ou não. Se ele julgar necessário que aquilo é importante para a formação dele, de que não está seguro de sair para aula prática, ele poderá fazer. Se não quiser, ele não terá que fazer a aula de simulador”, disse o ministro.

O prazo para a implementação da nova regra é de 90 dias. Com a mudança, o condutor terá que obrigatoriamente fazer 20 horas de aulas práticas. Se optar pelo uso do simulador, serão 15 horas de aulas práticas e 5 horas no equipamento.

“O simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu demonstrar que isso tem importância para formação do condutor. Nos países ao redor do mundo, ele não é obrigatório, em países com excelentes níveis de segurança no trânsito também não há essa obrigatoriedade. Então, não há prejuízo para a formação do condutor”, disse Tarcísio.

De acordo com o ministro, a medida visa reduzir a burocracia na retirada da habilitação. O ministro disse estimar uma redução de até 15% no valor cobrado nos centros de formação de condutores.

“Isso é importante para muito centro de formação de condutores que não possuíam o equipamento. Agora eles não vão precisar adquirir o equipamento ou fazer comodato e isso certamente terá um custo na carteira. As aulas de simulador têm um custo diferente, mas dá para estimar que a gente vá ter uma redução de até 15%. A ideia é deixar que o mercado defina isso”, disse.

Agência Brasil

Postado em 15 de junho de 2019 - 6:44h

MILITARES DO RN CONFIRMAM PARALISAÇÃO A PARTIR DE SEGUNDA – FEIRA DIA 17

A reivindicação principal é a atualização salarial, que chega a uma defasagem de 60,48% e os pagamentos das folhas salariais em atraso.Apesar de o Governo do Estado ter convidado os representantes de policiais e bombeiros militares, praças e oficiais, para encontros de negociação das demandas reivindicadas, não houve avanço nas propostas do Governo no tocante à atualização salarial. A última reunião foi na segunda-feira (10), na Governadoria, com o secretário-chefe do Gabinete Civil e das Secretarias de Planejamento e Finanças.

No dia 31 de maio, os militares estaduais deliberaram por unanimidade a interrupção das atividades a partir da próxima segunda-feira (17). Neste dia, os policiais e bombeiros militares deverão se apresentar em frente à Governadoria, às 8h, segundo o que foi acordado pelo coletivo. A decisão foi tomada em Assembleia Geral Unificada com a presença de praças e oficiais. Além disso, a deliberação acompanhou o que foi aprovado em assembleias realizadas no interior do estado, com militares das regiões de Nova Cruz, Currais Novos, Caicó, Pau dos Ferros, Mossoró e Santa Cruz.A reivindicação principal é a atualização salarial e os pagamentos das folhas em atraso. Também foram confirmadas as pautas de reivindicação: pagamento das folhas em atraso; pagamento das promoções já realizadas (abril, agosto e dezembro de 2018) e atualização dos níveis remuneratórios.
Segundo o subtenente Eliabe Marques, presidente da ASSPMBMRN, o déficit salarial dos militares atualmente chega a 60,48%. Ele explica que a categoria não recebe ao menos a reposição inflacionária há cinco anos. Além disto, os militares do RN possuem o pior salário inicial da Federação, na carreira policial, que também possuem o pior salário entre as demais forças de segurança do RN.
“Os índices de violência têm diminuído em todo o RN, vemos isto sendo noticiado pelos institutos de pesquisa, jornais e até mesmo pelo próprio Governo. Este resultado se dá graças ao sacrifício e abnegação dos militares estaduais, que merecem uma contrapartida do Governo pelo grande esforço que fazem para desempenhar o seu trabalho”, argumenta o subtenente Eliabe Marques.

Por Daísa Alves/Letra A Comunicação
Postado em 15 de junho de 2019 - 6:42h

ONG retira 16 pacotes misteriosos da Praia de Búzios, no litoral sul

A Organização Não Governamental (ONG) Oceânica retirou 16 pacotes misteriosos da Praia de Búzios em Nísia Floresta, no litoral sul do Rio Grande do Norte. Esses blocos de origem desconhecida começaram a aparecer nas praias do Nordeste a partir de outubro de 2018. No sábado (8), um desses pacotes causou a morte de duas pessoas após acidente na Praia de Santa Rita, em Extremoz.

Em comemoração ao Dia Mundial dos Oceanos, celebrado em 8 de junho, a ONG Oceânica promoveu um mutirão com equipes do Projeto Ponta de Pira e Mar Limpo para limpar praias potiguares. Ao todo, incluindo os 16 pacotes misteriosos, que pesam aproximadamente 100 quilos cada, cerca de 1,5 tonelada de lixo foi retirado da Praia de Búzios pelos voluntários.

Leia também:
Morre 2ª vítima de acidente com “fardo” na Praia de Santa Rita
Mulher morta em acidente com bloco faria 42 anos nesta segunda
Bloco misterioso que chega pelo mar causa morte de mulher no RN
Pacotes misteriosos também aparecem no litoral do RN
Exame esclarece de que são feitas caixas surgidas no litoral alagoano

Há registros do surgimento desses pacotes em pelo menos oito dos nove estados do Nordeste (Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Piauí, Maranhão, Ceará, Sergipe e Paraíba), porém ainda não se tem certeza sobre a origem do objeto. De acordo com o Instituto do Meio Ambiente (IMA), as caixas são feitas de polímero, um material sintético feito a partir de derivados do petróleo.

O projeto solicitou apoio da gestão municipal de Nísia Floresta, responsável pela praia, para retirada de todos os fardos. O OP9 tentou estabelecer contato com a prefeitura mas não conseguiu resposta até o fechamento desta matéria. O espaço permanece aberto. Procurado, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), ressaltou que a área litorânea não é da alçada do órgão.

A Oceânica já encontrou e registrou pelo menos 30 fardos como esses nas praias de Pirangi do Sul até Malembá. Em São Miguel do Gostoso, Maxaranguape, Natal, Nísia Floresta, Tibau do Sul e Baía Formosa também houve registros desses pacotes mas, de acordo com a ONG, nenhuma providência foi tomada pelo poder público para para o descarte adequado desse material grande e pesado.

“As instituições públicas de defesa do meio ambiente nas esferas municipal, estadual e federal precisam realizar esforços para fiscalizar, recolher e destinar corretamente esses materiais que chegam ao território brasileiro através do mar. A população precisa trabalhar em conjunto com as instâncias públicas para solucionar esse tipo de problema ambiental que chega às praias pelo mar mas cabe a gestão pública decidir como enfrentar o problema, já que os fardos continuam chegando, são potencial risco de contaminação e agora de segurança pública”, disse a Oceânica em pronunciamento pelas redes sociais.

OP9/RN

Voluntários participaram de ação educativa no Dia Mundial dos Oceanos. Foto: ONG Oceânica/Reprodução

Postado em 14 de junho de 2019 - 16:21h

Após resgate, 9 náufragos chegam a Natal; ‘é uma nova vida’, diz sobrevivente

Chegaram a Natal, na manhã desta sexta-feira (14), nove tripulantes do barco de cargas Navegantes, resgatados pela Marinha do Brasil. A embarcação seguia para Fernando de Noronha, mas naufragou ainda na noite de terça-feira (12). Um homem segue desaparecido.

“O barco virou de banda (de lado). Foi muita chuva, muito vento, mau tempo, né? A gente agradece a Deus por mais uma oportunidade. É uma nova vida para a gente”, contou o comandante da embarcação, Paulo Penha de Moura.

O Navegantes partiu do Recife na quarta-feira (12) e tinha previsão de chegada em Fernando de Noronha nesta sexta-feira (14). Por meio de nota, a Marinha do Brasil afirmou que a embarcação naufragou a uma distância de 80 milhas náuticas, o equivalente a 148 quilômetros, de João Pessoa.

Ainda no texto, a corporação informou que o navio-patrulha Guaíba resgatou nove náufragos da embarcação de carga e que o navio-patrulha Macau faz buscas para tentar encontrar o tripulante desaparecido.

De acordo com os homens socorridos, o naufrágio aconteceu por causa do mau tempo. Os ventos e ondas fizeram a água invadir a embarcação, que não resistiu às intempéries e virou. Os tripulantes pularam do barco e passaram cerca de 13 horas esperando o socorro da Marinha, sob uma espécie jangada. Ainda de acordo com eles, o colega que segue desaparecido pulou para o outro lado da embarcação e não foi mais visto.

Como a embarcação contava com equipamentos de segurança, emitiu um sinal de socorro logo que afundou e acionou a Marinha.

Os nove resgatados foram atendidas pelo oficial médico que estava no navio-patrulha e apresentaram estado de saúde considerado bom. Quando chegaram a Natal, também passaram por exames e ficaram sob observação da equipe do Hospital da Marinha.

Segundo o dono do barco, Nicanor Oliveira, a embarcação transportava, entre outros produtos, materiais para a reforma da BR-363. O Navegantes era o navio mais recente no serviço de carga para abastecer a ilha.

Postado em 14 de junho de 2019 - 16:19h

Protestos contra a reforma da Previdência fecham rodovias no RN

Ruas, avenidas e rodovias que dão acesso a cidades do litoral Norte da região Metropolitana de Natal, além de outras regiões do estado, foram interditadas em protestos realizados entre a madrugada e a manhã desta sexta-feira (14).

O principal bloqueio aconteceu no entroncamento das BRs-101 (Norte) e BR-406, a poucos metros da entrada da garagem da empresa de ônibus Guanabara. Uma greve geral foi convocada por sindicatos contra a reforma da Previdência e os bloqueios na educação.

Por quase duas horas, a rotatória no Parque dos Coqueiros, que liga a BR-101 (Norte) a BR-406, teve o trânsito interrompido. As pistas nos sentidos Natal/Ceará-Mirim, Natal/Extremoz, Extremoz/Natal e São Gonçalo do Amarante/Natal foram obstruídas por manifestantes, que atearam fogo em pneus.

A Polícia Rodoviária Federal intensificou o policiamento na região, e o tráfego só foi liberado por volta das 7h.

Outros pontos

Também houve protestos e fechamento das pistas na BR-406, em Ceará-Mirim, na altura da comunidade de Massaranduba, e na entrada da cidade de João Câmara. Em ambos, os trechos foram liberados por volta das 8h.

Também houve manifestação na BR-101 (Norte), no Km 45, no trevo de Maracajaú, em Maxaranguape. Segundo a PRF, a pista chegou a ser interditada, mas liberada por volta das 9h50.

Por volta das 8h15, a PRF ainda confirmou protesto com fechamento parcial da BR-226, no Km 80, próximo da cidade de Tangará. Depois, por volta das 9h50, foi informado que a rodovia havia sido liberada.

Integrantes do MST também aderiram à greve geral e bloquearam os dois sentidos da BR-304, no Km 24, próximo à rotatória que dá acesso ao município de Tibau. Contudo, as pistas foram liberadas por volta das 9h30.

Em Assu, na região Oeste do estado, trabalhadores de várias categorias, estudantes universitários e pessoas de cidades próximas se reuniram por volta das 7h30. O grupo fechou o cruzamento das ruas Senador João Câmara e Doutor Luis Carlos, que são as principais vias de acesso ao Centro da cidade. Até a última atualização desta matéria, os manifestantes continuavam no local, mas as pistas já estavam liberadas.

Bloqueios

Desde a madrugada foram registrados vários pontos de interdição em ruas, avenidas e rodovias do RN.

  • Entroncamento das BRs-101 (Norte) e BR-406, na Zona Norte de Natal, foi bloqueado com pneus queimados: liberado pela PRF por volta das 7h.
  • BR-101 (Norte), no Km 45, trevo de Maracajaú, em Maxaranguape: liberado às 9h50.
  • Dois pontos na BR-406, em Ceará-Mirim (na altura da comunidade de Massaranduba), e na entrada da cidade de João Câmara: pontos liberados às 8h.
  • BR-226, no Km 80, próximo da cidade de Tangará: liberado por volta das 9h50.
  • BR-304, no Km 24, em Mossoró, próximo ao acesso a Tibau: liberada às 9h30.
  • Cruzamento das ruas Senador João Câmara e Doutor Luis Carlos, em Assu: Já liberado.
  • G1/RN
  • NATAL, 4h30: grupo fecha rotatória no entroncamento das BRs-101 (Norte) e BR-406, a poucos metros da entrada da garagem da empresa de ônibus Guanabara — Foto: Elizama Cardoso/Inter TY Cabugi
  • CEARÁ-MIRIM, 7h: manifestantes fecham pistas da BR-406, na altura da comunidade de Massaranduba — Foto: Redes sociais
  • TANGARÁ, 8h20: protesto fechou parte da BR-226, no sentido Tangará/Natal   — Foto: Redes Sociais
  • ASSU, RN, 9h: manifestantes fecham cruzamentos das ruas Senador João Câmara e Doutor Luis Carlos, no Centro da cidade. — Foto: Jalisson Ferreira
Postado em 14 de junho de 2019 - 16:16h

Criminosos fazem arrastão em clínica de massagem na Zona Leste de Natal

Três assaltantes invadiram uma empresa que oferece o serviço de massagem na Zona Leste de Natal e fizeram um arrastão nesta quinta-feira (13). Eles levaram pertences de funcionárias que estavam trabalhando.

De acordo com a polícia, dois dos três homens estavam armados. Os bandidos entraram na empresa, que fica no Edifício Barão do Rio Branco, na Cidade Alta, e anunciaram o assalto. Depois disso, colocaram as funcionárias dentro de uma sala e recolheram três celulares, além de outros objetos, como óculos, e documentos.

Os criminosos fugiram e não foram mais vistos. Duas das vítimas prestaram queixa na 2ª Delegacia de Polícia.

G1/RN

Postado em 14 de junho de 2019 - 7:31h

Supremo decide criminalizar a homofobia como forma de racismo

Após seis sessões de julgamento, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) criminalizar a homofobia como forma de racismo. Ao finalizar o julgamento da questão, a Corte declarou a omissão do Congresso em aprovar a matéria e determinou que o crime de racismo seja enquadrado nos casos de agressões contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis) até que uma norma específica seja aprovada pelo Congresso Nacional.

Por 8 votos a 3, os ministros entenderam que o Congresso não pode deixar de tomar as medidas legislativas que foram determinadas pela Constituição para combater atos de discriminação. A maioria também afirmou que a Corte não está legislando, mas apenas determinando o cumprimento da Constituição.

Pela tese definida no julgamento, a homofobia também poderá ser utilizada como qualificadora de motivo torpe no caso de homicídios dolosos ocorridos contra homossexuais.

Religiosos e fiéis não poderão ser punidos por racismo ao externarem suas convicções doutrinárias sobre orientação sexual desde que suas manifestações não configurem discurso discriminatório.

VOTOS

Na sessão desta quinta-feira, a ministra Cármen Lúcia seguiu a maioria formada no julgamento do dia 23 de maio e entendeu que a Constituição garante que ninguém será submetido a tratamento desumano. “Numa sociedade discriminatória como a que vivemos, a mulher é diferente, o negro é diferente, o homossexual é diferente, o transexual é o diferente, diferente de quem traçou o modelo porque tinha poder para ser o espelho. Preconceito tem a ver com poder e comando”, disse.

Em seguida, o ministro Ricardo Lewandowski votou pela omissão do Congresso, mas entendeu que a conduta de homofobia não pode ser enquadrada como racismo pelo Judiciário, mas somente pelo Legislativo. O presidente do STF, Dias Toffoli, também seguiu o mesmo entendimento.

“A extensão do tipo penal para abarcar situações não especificamente tipificadas pela norma penal incriminadora parece-me atentar contra o princípio da reserva legal, que constitui uma fundamental garantia dos cidadãos, que promove a segurança jurídica de todos”, disse Lewandowski.

Gilmar Mendes também seguiu a maioria e disse que a Constituição obriga a criminalização de condutas discriminatórias. “Estamos a falar do reconhecimento do direito de minorias, direitos fundamentais básicos. Os mandamentos constitucionais de criminalização do racismo e todas as formas de criminalização não se restringem a demandar uma formalização de políticas públicas voltadas a essa finalidade”, disse Mendes.

Marco Aurélio divergiu da maioria a favor da criminalização e disse que o STF está invadindo a competência do Congresso Nacional ao tipificar crimes. Os ministros Celso de Mello e Edson Fachin, relatores das ações julgadas, além dos ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux votaram nas sessões anteriores a favor da criminalização.

JULGAMENTO

O caso foi discutido na Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) nº 26 e no Mandado de Injunção nº 4.733, ações protocoladas pelo PPS e pela Associação Brasileiras de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT).

As entidades defenderam que a minoria LGBT deve ser incluída no conceito de “raça social”, e os agressores punidos na forma do crime de racismo, cuja conduta é inafiançável e imprescritível. A pena varia entre um e cinco anos de reclusão, de acordo com a conduta.

Em fevereiro, no início do julgamento, o advogado-geral da União (AGU), André Mendonça, reprovou qualquer tipo de conduta ilícita em relação à liberdade de orientação sexual, mas entendeu que o Judiciário não tem poderes legais para legislar sobre matéria penal, somente o Congresso.

A mesma posição foi defendida pelo representante da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure), o advogado da entidade defendeu que o Congresso tenha a palavra final sobre o caso. Segundo a entidade, a comunidade LGBT deve ter seus direitos protegidos, mas é preciso assegurar que religiosos não sejam punidos por pregaram os textos bíblicos.

Pelo atual ordenamento jurídico, a tipificação de crimes cabe ao Poder Legislativo, responsável pela criação das leis. O crime de homofobia não está tipificado na legislação penal brasileira.

No mês passado, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal aprovou a mesma matéria, tipificando condutas preconceituosas contra pessoas LGBT. A medida ainda precisa ser aprovada pelo plenário da Casa.

OP9

Postado em 14 de junho de 2019 - 7:15h

Embarcação que iria para Noronha some com dez pessoas a bordo

Um barco de cargas com dez pessoas a bordo que saiu do Recife com destino ao Arquipélago de Fernando de Noronha está desaparecido desde a manhã desta quinta-feira (13). A embarcação Navegantes emitiu um sinal de alerta e perdeu contato com empresa proprietária quando estava a uma distância de 80 milhas náuticas da costa da Paraíba, o que equivale a 148 quilômetros de distância.

A Marinha confirmou o sumiço do Navegantes e emitiu um alerta a todas as embarcações que estão próximas ao local. Das dez pessoas a bordo, seis são tripulantes e quatro são passageiros. O navio-patrulha Guaíba, da Comando do 3º Distrito Naval, foi acionado desde às 13h e faz buscas na área onde o sinal do barco foi detectado pela última vez.

Navegantes deixou o porto no Recife nesta quarta-feira (12) e tinha previsão de atracar no Porto de Noronha na manhã desta sexta-feira (14).

Leia nota da Marinha:

“Por intermédio do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), informa que tomou conhecimento, no dia 13 de junho, do acionamento do sinal de emergência da embarcação “Navegantes”, que suspendeu de Recife, no dia 12 de junho, com seis tripulantes e quatro passageiros a bordo. Assim que recebeu a informação, a MB iniciou uma Operação de Busca e Salvamento, coordenada pelo Salvamar Nordeste, que deslocou o Navio-Patrulha “Guaíba” para a última posição conhecida da embarcação, a uma distância de 80 milhas náuticas – equivalente a 148 quilômetros – de João Pessoa-PB. Foi, ainda, emitido Aviso aos Navegantes; acionada a Rede Nacional Costeira; e realizado contato com a comunidade marítima da região, a fim de ampliar a divulgação sobre o ocorrido e alertar todas as embarcações que estejam navegando em áreas próximas para que possam apoiar as buscas”.

OP9

Postado em 14 de junho de 2019 - 7:13h

Operação da Polícia Civil de Caicó prende suspeito de tráfico de drogas

Na manhã desta quarta-feira, dia 13 de junho, equipe da Polícia Civil de Caicó deu cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar na zona norte da cidade, visando combater o tráfico ilícito de entorpecentes.Na residência do investigado DAVID AMADOR SOARES NETO, vulgo DAVID FEROZ, foram apreendidos objetos típicos da prática de trafico de drogas, tais como porções de maconha e mais de mil reais em dinheiro fracionado. Foi lavrado auto de prisão em flagrante delito contra o suspeito pela prática de tráfico de drogas, encontrando-se o preso à disposição da justiça.  A Polícia Civil agradece o apoio da população e solicita a colaboração com denúncias anônimas, as quais podem ser formalizadas pelo 181 ou pelo whatsapp 84 9 8602-0324.

JAIR SAMPAIO

Postado em 14 de junho de 2019 - 7:10h

PM do 10º BPM prende dupla suspeita de assaltos em Assu e Itajá

Na noite desta quinta-feira, 13 de junho de 2019, a polícia militar do 10º BPM conseguiu prender dois suspeitos de assaltos em Assu. São eles; Matheus Marcos Bezerra da Silva, de 18 anos e Keferson Cleiton da Fonseca, de 25 anos, que segundo a policial a dupla é suspeito de ter praticado uma sequência de assaltos em vários pontos da cidade de Assú, incluindo o município de Itajá, na região do Vale.
Ainda de acordo com a polícia militar, os delitos aconteceram em bairros diferentes de nossa cidade, já em Itajá a dupla abordo de uma motocicleta de cor preta, abordaram um cidadão que estava aguardando um familiar vim de Alto do Rodrigues, aproveitou o momento e a dupla roubou a moto da vítima e fugiram sentido Assú, cada um em uma moto.
Já no perímetro urbano da cidade, uma das motos em que os suspeitos estavam conduzindo, deu pane na antiga honda, sendo eles fugindo na moto que roubaram em Itajá. Com a moto roubada em Itajá sob a mão dos suspeitos, eles praticaram uma sequência de assaltos na cidade, todos eles o alvo era motocicleta.
A Polícia Militar ao tomar conhecimento dos crimes e características dos suspeitos, caíram em campo sob o comando do tenente coronel Assis Santos, onde viaturas do GTO, RP e Força Tática, conseguiram localizar e prender a dupla no bairro Vertentes em Assu.
Ao ser preso, foi encontrado com a dupla uma chave de uma motocicleta, que alegou aos policiais que iriam tirar uma moto do prego, no beco da antiga honda.
Mesmo com a prisão dos dois, a PM permaneceu em patrulhamento, vindo a localizar uma terceira pessoa, com possível participação na ação, tendo em vista que, no imóvel do terceiro suspeito, a PM encontrou um simulacro de arma de fogo, que provavelmente havia sido usada pela dupla na prática dos crimes.
A PM chegou ao terceiro suspeitos após Keferson Cleiton ter dito aos policiais que a moto em que o mesmo estava era emprestada e pertencia a companheira do terceiro suspeito. Viatura foi até a casa do terceiro suspeito, que por sua vez estava de posse do simulacro, sendo conduzido para a delegacia de polícia civil.
FOCOELHO
Postado em 14 de junho de 2019 - 7:01h

Após denúncia, PM apreende Pé de Maconha em Parelhas

BLOG CN POLÍCIA: Na tarde dessa quinta-feira, 13/06/2019, uma denúncia anônima chegada a central de rádio via 190, levou a Polícia Militar a apreender um pé de maconha na Vila de pescadores na barragem Boqueirão em Parelhas. Um jovem identificado como STENIO HORACIO ARRUDA FERNANDES DE 29 ANOS foi detido acusado de ser o dono da planta, o mesmo conduzido a delegacia para os procedimentos cabíveis.

DA REDAÇÃO

Postado em 13 de junho de 2019 - 20:36h

“Andei ensanguentado 2 km”, diz vítima de tentativa de homicídio- Veja o vídeo

“Caminhei ensanguentado por dois quilômetros”. Essa declaração é parte do relato de um homem de 27 anos sobre a tentativa de homicídio da qual foi vítima no início do mês de junho em um matagal de Pium, em Parnamirim, Região Metropolitana de Natal. O rapaz falou sem se identificar ao repórter Sérgio Costa, da equipe do Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra, emissora do Sistema Opinião, em entrevista nesta quinta-feira (13). Ele relatou que foi vítima do estudante universitário Jordan Medeiros de Aguiar, 23 anos, preso na terça-feira (11). De acordo com a Polícia Civil, Jordan é o principal suspeito de tentar matar este homem no dia 1º de junho. O estudante afirmou em depoimento na 2ª DP de Parnamirim que tentou matar a vítima porque estava “entediado”.

Leia também:
Universitário diz que tentou matar uma pessoa por “estar entediado”

A vítima de 27 anos contou que conheceu Jordan em uma festa, dois meses antes da tentativa de assassinato, e que, a partir daí, o universitário manteve contato por telefone e mensagens de WhatsApp tentando marcar para sair. “Foram diversas tentativas de sair para bares, shows, mas não dava certo para mim. E no dia 1º deste mês consegui tempo para sair para esse suposto barzinho”, relatou a vítima. Segundo o rapaz, Jordan costumava levar suas vítimas para esse barzinho. Ele acredita que o estudante premeditou o crime, já que eles vinham conversando por esses dois meses.

“Minha ficha caiu no momento em que ele mudou o caminho do nada e seguiu por uma área de mata em Pium. Tentei manter o controle emocional naquele momento. Ele desceu do carro dizendo que iria urinar e eu vi que ele sacou uma peixeira. Nesse momento eu desci do carro e disse para ele: – Jordan, você vai me matar?- E com uma voz fria, ele respondeu: – Vou te matar cara”, detalhou a vítima sobre os momentos que antecederam a tentativa de assassinato.

Luta pela vida

O rapaz relatou que foi muito tempo de luta pela vida. “Comecei a correr e a única fonte de iluminação era o farol do carro. Começaram os golpes nos braços, em direção ao pescoço. Ele é mais forte e por isso tive menos chance de vencer. Passamos muito tempo em luta corporal, muito tempo de terror naquela luta por minha vida. Não pensei que fosse sobreviver e fiz uma breve oração a Deus, pedi perdão, pensei na minha família”, explicou.

Força para continuar

A vítima também contou como acabou sobrevivendo. “Após a oração, surgiu uma força para continuar lutando por minha vida. Ele deu um descuido voltando para o carro, não acreditou que eu fosse sair porque estava perdendo muito sangue. Nessa hora eu consegui ver uma cerca e ainda consegui pular para o matagal para despistar. Caí por diversas vezes e fiquei inconsciente. Perdi muito sangue. Me levantei caminhei em uma estrada desorientado. Caminhei ensanguentado, os carros passavam por mim e ninguém parava. Então cheguei em um posto e os clientes apareceram para me ajudar. A polícia chegou rapidamente”, finalizou o relato.

OP9/RN
Postado em 13 de junho de 2019 - 18:17h

Governo do RN diz que dívidas de 2018 não serão pagas com receitas de 2019; valores somam R$ 2,4 bilhões

O Governo do Rio Grande do Norte afirmou que não vai pagar as dívidas de 2018, inscritas nos restos a pagar, com os recursos que entrarem nas contas do Estado ao longo deste ano. Os valores são de cerca de R$ 2,4 bilhões e não têm prazo estimado para serem quitados. A administração, entretanto, nega que o ato seja um calote nos fornecedores.

A Resolução 02 de 2019, publicada pelo Comitê de Gestão e Eficiência da gestão no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (13), afirma que as receitas correntes do exercício de 2019 deverão ser utilizadas exclusivamente para o pagamento de despesas públicas do exercício de 2019.

Pagamentos de despesas de anos anteriores só serão feitos após autorização do comitê, “mediante justificativa plausível do ordenador de despesa primário relativo a necessidade do pagamento para manter regular a continuidade do serviço público”.

Ainda de acordo com a resolução, a medida visa a manutenção da “regularidade da atividade administrativa” do Governo.

Na argumentação, o governo afirma que “o fiel cumprimento da ordem cronológica de pagamento nos termos da Resolução nº 32/2016 do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE-RN), num cenário em que R$ 2,4 bilhões foram inscritos em restos a pagar em 31 de dezembro de 2018 sem lastro financeiro para sua cobertura, poderá ocasionar paralisação das atividades operacionais”.

Assinaram a resolução o secretário chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves Júnior, o secretário de Planejamento e Fianças, José Aldemir Freire, a secretária de Administração, Maria Virgínia Ferreira Lopes, o secretário de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, o controlador geral Pedro Lopes de Araújo Neto e Luiz Antônio Marinho da Silva, procurador-geral do Estado.

De acordo com a assessoria de imprensa do governo estadual, a medida representa um calote, mas uma quebra da ordem cronológica de pagamento dos fornecedores – quando dívidas mais novas serão pagas antes das mais antigas – a exemplo do que foi feito com os salários dos servidores ainda no início do ano.

Ainda de acordo com o governo, essa quebra cronológica é prevista pela resolução do TCE quando existe decretação de calamidade pública, como aconteceu no Estado. A medida também seria embasada no entendimento da Controladoria do Estado.

Apesar disso, o estado ainda não previsão de quando vai pagar as dívidas e diz que espera recursos prometidos pelo governo federal através do Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal. O projeto de lei, que está na Câmara, prevê socorro aos estados e municípios mais endividados, por meio de liberação de empréstimos com aval da União. Os recursos deverão ser condicionados à adoção de medidas de ajuste fiscal que permitam a recuperação da capacidade de pagamento dos estados até 2022.

G1/RN

Governadoria do RN  — Foto: G1 RN

Postado em 13 de junho de 2019 - 18:04h

Carreta Bitrem é roubada de estacionamento e motorista levado de refém pelos bandidos durante a madrugada em Mossoró.

A Ocorrência foi registrada pela Polícia Militar, por volta das 02h00min da madrugada de hoje, quinta feira 13 de junho de 2019, em um posto de combustíveis, localizado as margens da BR 304 em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

O motorista de uma carreta Bitrem com placas QJL-6758 Concórdia/SC, dormia na cabine do veículo, no estacionamento do estabelecimento comercial,quando foi surpreendido por dois criminosos, armados, que chegaram, quebraram o vidro da porta e o renderam.

A vítima foi foi obrigada a levar o carro até uma área de mata, as margens da BR 405, próximo a Comunidade de Pedra Branca, zona rural de Mossoró, onde foi espancada pelos criminosos. Após retirarem todos os pneus da carreta, os bandidos liberaram o motorista e fugiram.

Policiais da VTR Ronda Cidadã do 2º BPM, comandada pelo sargento Lopes, realizaram diligências e conseguiram localizar, no sítio Pedra Branca, o motorista, que estava com várias lesões na cabeça, por causa do espancamento e a Carreta, sem os pneus.

O Boletim de Ocorrência deverá ser registrado nesta manhã, na Delegacia de Furtos e Roubos, para que a equipe da especializada, investigue o caso.

FIM DA LINHA

Postado em 13 de junho de 2019 - 18:00h

Mossoró registra o 81°/82° Homicídios de 2019: Atentado a tiros deixa dois mortos no Pirrichil

Um atentado a bala ocorrido na tarde desta quinta feira 13 de julho de 2019 na  Rua Pedro Ciarlini, região do Alto São Manuel em Mossoró RN, deixou duas pessoas mortas

Júlio Cezar Souza da Silva, 26 anos morreu no local, enquanto que a outra vítima ainda não identificada chegou a ser socorrida pelo SAMU, mas Morreu ao chegar no Hospital regional Tarcísio Maia.

Segundo a PM que isola o local, as vítimas, dois homens estavam trabalhando em um construção quando foram alvejadas.

Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime.

FIM DA LINHA

Postado em 13 de junho de 2019 - 17:56h

Baleado em troca de tiros com a PM, foragido do hospital de Mossoró volta a ser preso durante operação da Polícia Civil

Uma operação montada pelas equipes de Polícia Civil, REGIONAL, DEHOM e DEFUR, capturou hoje 13 de junho de 2019, o foragido de Justiça,   Edson Daniel Dantas da Silva. Contra o mesmo existiam dois mandados de prisão em aberto. Daniel fugiu das dependência do HRTM onde estava internado após trocar tiros com a PM. (RELEMBRE)
Na ocorrência ele teria sido baleado. O foragido foi capturado na rua Delmiro Rocha, 21 no Alto de São Manoel em Mossoró. Na ocasião da chegada dos policiais ele tentou escapar pulando os muros, porém com inteligência o cerco estava montado em todo quarteirão e o mesmo não teve chances de fugir. Ele  está sendo ouvido neste momento na DEHOM onde responde por dois homicídios na especializada, será ouvido na DEFUR e ainda responderá por violar tornozeleira eletrônica. Depois deverá ser reconduzido ao sistema prisional e ficará à disposição da justiça.

PASSANDO NA HORA

Postado em 13 de junho de 2019 - 17:52h

Polícia incinera cerca de 80 quilos de drogas em Mossoró

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró incineraram, na tarde de quinta feira (13), mais de 80 quilos de drogas que foram apreendidas na cidade de Mossoró e região. Na ocasião, também estiveram presentes representantes do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) e da Vigilância Sanitária.

A ação de hoje, que é a terceira incineração realizada neste ano, resultou na destruição de entorpecentes apreendidos em 264 processos de inquéritos e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), instaurados em sete delegacias do Rio Grande do Norte (Denarc, Divipoe, Delegacia de João Dias, Delegacia de Marcelino Vieira, Delegacia de Tenente Ananiais, Delegacia de Alexandria e Delegacia de Antônio Martins). No total, 84 quilos de entorpecentes foram incinerados.

Na primeira incineração, foram destruídos 140 kg de drogas; na segunda 256 kg, que somados com a de hoje, chega-se a 480 kg de drogas incineradas em 2019, até o momento. Todo o material entorpecente foi incinerado em uma fábrica de beneficiamento de castanha, localizada às margens da BR 304.
A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.
PASSANDO NA HORA
Postado em 13 de junho de 2019 - 17:47h

Polícia Civil prende 7 suspeitos em operação de combate ao tráfico de drogas na Zona Leste de Natal

Agentes da Delegacia Especializada em Narcóticos de Natal (Denarc) prenderam 7 pessoas na manhã desta quinta-feira (13) suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas na capital potiguar. Foi durante a operação ‘Eixo Leste’, realizada no bairro das Rocas, na Zona Leste da cidade.

Segundo a Delegacia Geral de Polícia Civil, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão. Além dos presos, foram apreendidos crack, cocaína, maconha, munição e aparelhos celulares.

Ainda de acordo com a Degepol, 8 pessoas foram levadas para a Denarc, mas uma delas acabou liberada após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). As demais ficaram detidas – seis por terem sido presas em flagrante e uma por possuir mandado de prisão já expedido pela Justiça.

G1/RN

Postado em 13 de junho de 2019 - 9:41h

Após chuvas, casa desaba na Comunidade do Jacó em Natal- Vídeo

Uma casa desabou na manhã desta quarta-feira (12) na comunidade do Jacó, Zona Leste de Natal. O imóvel já havia sido interditado pela Defesa Civil por causa do risco de desabamento, mas os moradores resistiam em sair. Ninguém se feriu.

Com o desmoronamento, uma casa vizinha também foi atingida na parte dos fundos. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros estiveram no local para isolar a região e dar início a realocação das famílias.

“Estivemos aqui umas quatro ou cinco vezes tentar removê-los da casa porque o risco era iminente. A gente pedia várias vezes para a senhora e os seus irmãos saírem da casa, mas não queriam. Felizmente não aconteceu nenhum acidente com vítima fatal, mas o resultado está aí”, explica Vanderli de Paula, agente da Defesa Civil.

Leia também:
Chuva forte em Natal interdita ruas e avenidas. Assista
Desabamento de casas em Mãe Luiza completa quatro anos
Imóveis correm risco de desabamento na Comunidade do Jacó e Mãe Luiza

Para solicitar a intervenção da Defesa Civil Municipal, o interessado deve ligar para o número 190, no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). O atendimento vai direcionar a ocorrência para as equipes de plantão. A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população e preservar vidas.

OP9/RN

Postado em 13 de junho de 2019 - 7:25h

Homem diz à polícia que tentou matar por estar entediado: ‘tinha prazer em ver a morte’, diz delegado

Um estudante universitário de 23 anos, suspeito de tentar matar outro homem a facadas no dia 1º de junho, na região metropolitana Natal, afirmou à Polícia Civil que cometeu o crime porque estava entediado. Ainda de acordo com os investigadores, o homem declarou que tinha “prazer em ver a morte”.

A prisão do suspeito aconteceu nesta terça-feira (11) na casa dele, localizada no bairro Cohabinal, em Parnamirim. Ele está detido por força de um mandado prisão preventiva. Segundo o delegado Carlos Brandão, titular da 2ª Delegacia de Polícia do município, o jovem não apenas confessou o crime, como relatou que já havia cometido outro ato parecido em 2015. A polícia ainda vai investigar este segundo caso. “Parece coisa de filme”, confessou o investigador.

Segundo o delegado, o homem já saiu de casa planejando matar uma pessoa. Foi até um bar e ficou no local até convencer um desconhecido a sair com ele. Os dois seguiram de carro até a região de Pium, onde o criminoso pegou uma estrada de barro, justificando que iria parar o carro para urinar no mato.

Ao estacionar o veículo, ele sacou uma faca e começou a atacar o homem, que entrou em luta corporal com ele. “É uma região já conhecida por desova de cadáveres. Ele planejou isso”, pondera o delegado.

Postado em 13 de junho de 2019 - 7:15h

Assalto agora a noite no centro de Currais Novos

BLOG CN POLÍCIA: Por volta das 18h40m dessa quarta-feira (12/06/19) um assalto foi registrado contra um posto de combustíveis (Posto Louragás) no centro de Currais Novos. As primeiras informações dão conta que os assaltantes chegaram a pé ao posto, renderam os frentistas e anunciaram o roubo. Logo após o sinistro eles fugiram a pé em direção ao rio onde tem uma área de mata fechada. Nesse momento todas as viaturas realizam um cerco no local e os policiais adentraram na mata a procura dos meliantes.

Mais informações em instantes.

DA REDAÇÃO

Postado em 12 de junho de 2019 - 18:50h

Polícia Civil deflagra operação policial na cidade de Jucurutu e prende suspeito de arrastões

Polícia Civil deflaga na manhã desta quarta-feira (12) operação policial na cidade de Jucurutu que ocasionou na prisão de Willame Bruno de Medeiros Galvão, 22 anos, mais conhecido como Bruno Mau.

Bruno é acusado de cometer um arrastão a uma residência em Caicó no dia 26 de maio deste ano, na companhia de Ronaldo Firmino da Silva, vulgo Peleleu, preso na tarde de ontem (11). As vítimas do arrastão reconheceram a dupla que roubou aparelhos celulares, ferramentas, notebook, perfumes e cerca de R$ 400,00.

Durante intenso trabalho investigativo, os policiais identificaram Williame Bruno e Ronaldo Firmino como participantes de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas e roubos a residências e comércios nas cidades da região Seridó Potiguar, fato que motivou o pedido de prisão de preventiva dos investigados pelo delegado de Caicó, autorizado pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Caicó.

A dupla também é investigada pela série de roubos a comércios em Jucurutu entre os meses de abril e maio deste ano.

A Polícia Civil informa que novas diligências serão cumpridas para a prisão de outros integrantes da quadrilha. Os nomes dos acusados serão preservados para não prejudicar as investigações. Participaram da operação os policiais das Delegacias de Polícia Civil de Jucurutu, Florânia e Caicó.

JAIR SAMPAIO

Postado em 12 de junho de 2019 - 18:11h

DENARC prende homem com 36 pedrinhas de crack e arma de fogo no Bairro Paredões em Mossoró.

Policiais Civis da Delegacia de Narcóticos, prenderam na tarde desta quarta feira 12 de junho, um homem suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas no Bairro Paredões em Mossoró, região Oeste do RN

Valderlan Vitor Santos Oliveira, foi preso em casa, na Rua Anatália de Melo Alves e ao ser algemado, tentou fugir da ação policial, mas foi contido depois que a equipe efetuou disparos de arma de fogo de advertência.

Na casa do suspeito, os policiais encontraram 36 pedrinhas de crack, embaladas, uma arma de fogo de fabricação caseira, com capacidade para munição calibre 12 e algumas munições de calibre menor.

De acordo com o delegado da Denarc, Dr. Alex Wagner Alves, a prisão de Valderlan se deu após várias denuncias através do disk denuncia 197 chegarem a sua delegacia.

Valderlan Vitor Santos Oliveira, foi autuado em flagrante por crimes de tráfico de droga, artigo 33 e posse ilegal de arma de fogo, artigo 14. Após os procedimentos ele foi conduzido ao sistema prisional, onde ficará a disposição da justiça.

FIM DA LINHA

Postado em 12 de junho de 2019 - 18:10h

Mossoró registra o 80º Homicídio de 2019: Pintor é morto a tiros em via pública no Bairro Belo Horizonte

A cidade de Mossoró na região Oeste Potiguar, registra mais um Homicídio provocado por disparos de arma de fogo, o 80° do ano de 2019.

O crime aconteceu por volta das 07h00min da manhã desta quarta-feira 12 de junho, na Rua Padre Freire, nas proximidades da UPA no bairro Belo Horizonte.

A vítima identificada como,  Ileano Fernando da Silva, de 30 anos de idade que residia na Rua Francisco Lopes da Silva,  proximidades do Cemic no Bairro Vista, foi executado a tiros em via pública.

Segundo informações colhidas no local pela Polícia Militar,  A vítima trafegava de bicicleta em direção ao trabalho, quando foi surpreendida e alvejada com com quatro tiros, sendo três na nuca e um no braço, este de acordo c om a perícia, seria uma tentativa de defesa.

A Polícia informou que dois suspeitos de moto, foram vistos saindo do local, após os disparos e fugiram em sentido ignorado.

Ainda não se sabe a motivação do crime e se a vítima tinha antecedentes criminais, uma vez que o rapaz ainda não foi identificado oficialmente. Ele não portava documentos, no momento da realização da perícia e também não apareceu familiar no local do crime.

O corpo de Fernando, foi recolhido, após a perícia e encaminhado ao Instituto Médico Legal do Itep, para ser examinado e será liberado após o reconhecimento do cadáver, por parte de familiares. O crime vai ser investigado, pela Divisão de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP), núcleo de Mossoró.

FIM DA LINHA

Postado em 12 de junho de 2019 - 16:22h

Casal é preso em Natal após assaltar loja de celulares- Veja o vídeo

Um casal suspeito de assaltar uma loja de celulares por volta do meio-dia desta terça-feira (11) em Parnamirim, na Grande Natal, foi preso horas depois no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. Os criminosos foram identificados como Lindemberg Gonçalves Ferreira, 27 anos, e Fernanda da Silva Lima, 18 anos. Eles foram detidos por policiais militares da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam).

O assalto à loja de celulares foi todo registrado por câmeras de vigilância, o que permitiu identificar os suspeitos. No vídeo é possível ver que os dois se passam por clientes do estabelecimento e depois anunciam o assalto, levando diversos aparelhos. A atendente do comércio é ameaçada com uma pistola calibre 32 que foi apreendida com os assaltantes.

OP9

Postado em 12 de junho de 2019 - 16:20h