Encontrado corpo de bebê de mulher que chegou morta a maternidade da Grande Natal

Maternidade Divino Amor fica em Parnamirim, na Grande Natal — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

O corpo do bebê de uma mulher que chegou morta a um hospital na Grande Natal, na segunda-feira (7), foi encontrado na madrugada desta terça (8) dentro de uma mala na casa dela. A mulher de 32 anos deu entrada na Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, já sem vida. Apesar de sinais de que tinha dado a luz, como a presença da placenta, ninguém soube explicar onde estava o bebê.

O natimorto foi encontrado por familiares na madrugada desta terça-feira (8) na casa dela em Macaíba. O corpo dele foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) durante a manhã.

As investigações que foram iniciadas pela 1ª Delegacia de Parnamirim serão transferidas para a delegacia do município vizinho, chefiada pelo delegado Normando Feitosa.

Maria Idelma Mota da Silva chegou à Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, na Grande Natal, nesta segunda-feira (7) já com parada cardíaca. Os médicos ainda fizeram procedimentos para tentar reanimá-la, mas o óbito foi confirmado às 12h07 . Na unidade, os médicos descobriram que ela havia dado à luz pouco antes de chegar à unidade. Porém ninguém soube explicar onde estaria o bebê.

Com o corpo da mulher, estava a placenta, que indicava que um parto foi feito antes de ela chegar à maternidade. A placenta pesou 780 gramas, o que, segundo os profissionais, aponta que a gravidez estava perto do fim e que não se tratou de um aborto. É considerada aborto a morte do feto de até 5 meses.

A polícia ainda investiga o caso para saber a causa das mortes e porque o bebê não foi levado ao hospital.

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 18:15h

Potiguar-1 é usado em remoção de paciente de Caicó para Natal

A aeronave da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Potiguar-1, esteve na tarde dessa segunda feira em Caicó para remover uma paciente de 37 anos acometida de acidente vascular cerebral hemorrágico. A remoção foi feita por uma equipe do SAMU de Natal com um médico-enfermeiro dando assistência.

JAIR SAMPAIO

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 6:07h

Detran abre visitação a veículos que vão a leilão na quinta-feira (10)

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa nesta quinta-feira (10), 144 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal. Os interessados podem visitar o local nesta terça-feira (08) e quarta-feira (09), no horário das 8h às 14h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.

O leilão acontece na quinta-feira (10), a partir das 10h, no Rifóles Praia Hotel, Salão Almirante, localizado na Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Praia de Ponta Negra, na Via Costeira. Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.

A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico:http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro. Os lotes que vão a leilão variam de valores com lances iniciais que partem de R$ 100,00 até R$ 8mil.

O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,90% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.

Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2019. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.

Outro ponto importante é que os veículos tipo ciclomotores que não estiverem devidamente emplacados somente serão liberados para retirada após o emplacamento, como determina a legislação vigente. Para isso o arrematante deve estar ciente que todas as custas que envolvam esse processo corre por sua conta.

O valor arrecadado com os arremates deve ser utilizado para custeio com a realização do leilão, despesas de remoção e pátio, para pagar impostos atrasados e multas, e se houver saldo remanescente será repassado ao proprietário. O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: https://www.lancecertoleiloes.com.br/leilao/100119VE.

Todos os lotes postos a leilão estão a mais de 60 dias retidos no pátio do Detran e de acordo com a lei 13.160, os veículos apreendidos que não forem reclamados em um prazo de 60 dias contados a partir do recolhimento podem ser objeto de leilão.

JAIR SAMPAIO

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 6:02h

No 6º dia de violência, 23 presos fogem de presídio no Ceará

Resultado de imagem para PRESOS FOGEM NO CEARÁ

No sexto dia consecutivo de ataques em cidades do Ceará, 23 presos fugiram da Cadeia Pública de Pacoti, a 105 km de Fortaleza, na manhã desta segunda-feira (7). De acordo com a Sejus (Secretaria da Justiça e Cidadania), a fuga ocorreu durante o banho de sol.

Os detentos conseguiram pular o muro do espaço e, em seguida, tendo acesso a área externa. A pasta não informou se algum preso foi recapturado até as 14h40. Na cadeia, existiam 31 presos antes da fuga, segundo informou o órgão.

Em nota, a Secretaria informou que os procedimentos de busca foram iniciados na região.

Transferência de líderes de facções

O governo federal, por meio do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública), disponibilizou 60 vagas em presídios federais de segurança máxima para detentos que estão em penitenciárias do Ceará. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do estado, um preso já foi transferido e outros 19 estão sendo encaminhados nas próximas horas, totalizando 20 transferências de forma imediata.

A identidade dos detentos não foi divulgada, mas são lideranças das facções que atuam no estado, vinculadas a grupos como o CV (Comando Vermelho) e GDE (Guardiões do Estado). Também não foi informado para quais dos cinco presídios federais os presos estão sendo remanejados. O governo analisa a transferência de mais presos ao longo dos próximos dias.

Força Nacional

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou, na sexta-feira (4), o envio de tropas federais para o Ceará. Cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional chegaram no sábado (5). Os agentes irão atuar por 30 dias em ações de segurança e apoio à PF (Polícia Federal), à PRF (Polícia Rodoviária Federal), ao Depen (Departamento Penitenciário Nacional) e às forças policiais estaduais. Caso necessário, o prazo de atuação da FN poderá ser prorrogado.

A decisão foi tomada após os episódios de violência registrados e à dificuldade das forças locais combaterem sozinhas o crime organizado. Também foram consideradas a gravidade dos fatos, a necessidade de manutenção da segurança pública e o dever das forças policiais federais e estaduais de, por ação integrada, proteger a população civil e o patrimônio público e privado de novos incidentes.

Ataques

Os ataques foram feitos após a declaração do novo secretário de Administração Penitenciária do Estado, Luís Mauro Albuquerque, de que não reconhece facção criminosa no Ceará. Ele confirmou que a divisão de presos por unidades não irá mais obedecer a distribuição por vínculos com organizações criminosas.

Estadão Conteúdo

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 5:59h

Servidores da saúde farão paralisação no dia 10 e programam greve para o dia 14

Os servidores da saúde estão programando para a próxima quinta-feira (10) uma paralisação para deliberar o indicativo de greve. O ato está previsto para começar às 14h, em frente ao Hospital Walfredo Gurgel.

Com o lema “Apagão na Saúde: ninguém aguenta mais! Ou paga os salários ou apaga tudo”, os servidores vão cobrar o pagamento dos salários em atraso e se posicionar contra o parcelamento alegando que as contas atrasadas não são parceladas.

Os servidores irão encaminhar um ofício para a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) e para o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) para comunicar sobre a situação dos servidores.

BLOG DO BG

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 5:56h

Anatel notifica usuários de 15 estados sobre bloqueio de celulares; RN está incluído

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começou hoje (7) a notificar usuários de 15 estados nas regiões Nordeste, Sudeste e Norte sobre o bloqueio de celulares irregulares. A medida será adotada no dia 24 de março e vai atingir aparelhos adquiridos a partir desta segunda-feira. Telefones comprados até ontem, portanto, em regra não serão desativados pela agência.

Os alertas enviados a partir de hoje fazem parte da 3ª fase do programa Celular Legal. A primeira etapa teve início em fevereiro e abarcou o Distrito Federal e Goiás. Em seguida, foram incluídos os demais estados do Centro-Oeste, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Acre, Rondônia e Tocantins. Com a fase iniciada hoje, o programa abarca todas as unidades da Federação.

Os comunicados desta 3ª etapa serão enviados, no Nordeste, para usuários nos estados de Alagoas, da Bahia, do Ceará, Maranhão, da Paraíba, do Piauí, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e de Sergipe. O informe também chegará para consumidores de São Paulo e Minas Gerais, no Sudeste, e do Amapá, Amazonas, Pará e de Roraima, no Norte.

Além dos alertas enviados a partir de hoje a quem comprar esses celulares, serão enviadas mensagens similares faltando 50 e 25 dias para o bloqueio. O usuário que tiver dúvidas sobre o procedimento pode obter mais informações sobre o programa no sítio oficial da Agência Nacional de Telecomunicações.

Celular irregular

Celular irregular é considerado pela Anatel não certificados pelo órgão ou sem o código identificador válido (IMEI, espécie de CPF do celular). Para saber se o número de IMEI é legal, basta discar *#06#. Se a numeração coincidir com o que aparece na caixa, o aparelho é regular. Caso contrário, há uma grande chance de o aparelho ser irregular.

Uma linha também pode ficar irregular caso seja ativada (como na compra de um novo chip) em um aparelho antigo sem IMEI válido. Ou seja, um consumidor pode não ter recebido mensagem por ter obtido o dispositivo móvel antes do início do programa. Mas se ele não estiver regular, no momento da ativação de outra linha será bloqueado no mesmo prazo (75 dias). O usuário que quiser conferir a situação do seu aparelho pode fazê-lo pelo site da Anatel.

A irregularidade pode ocorrer em casos de importações sem passar por órgãos de controle do país ou quando celulares são roubados e revendidos. Também há casos em que o código é adulterado, ou até mesmo replicado (como quando smartphones são clonados).

Segundo o presidente da Anatel, Leonardo Euller de Morais, um dos objetivos do bloqueio é dificultar a comercialização de aparelhos furtados ou com algum tipo de irregularidade. “O projeto vai inativar terminais que foram roubados. Um dos objetivos é coibir o furto e adulteração”, disse à Agência Brasil.

Os celulares irregulares não têm garantia de atender aos requisitos da agência, como compatibilidade com as redes brasileiras. Além disso, segundo a Anatel apresentam riscos ao consumidor, como aquecimento, choques, emissão de radiação, incêndio ou até explosões.

O presidente da agência explicou que a regularidade do aparelho não se limita aos produtos comprados aqui. Uma vez que o código é internacional, um cliente pode adquirir um equipamento destes e utilizar no Brasil.

Comunicar roubo

O bloqueio de aparelhos celulares é um recurso existente desde 2016. O usuário pode solicitar o impedimento a sua operadora ou à Polícia quando tiver sido roubado ou seu aparelho tiver sido extraviado.

Agência Brasil

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 5:54h

Ceará vai receber mais 200 agentes da Força Nacional, diz Governo do Estado

Força nacional reforça segurança no Ceará — Foto: Natinho Rodrigues/SVM

O Ceará vai receber um reforço de mais 200 agentes da Força Nacional ainda na noite desta segunda-feira (7), de acordo com o Governo do Estado. Trezentos agentes da tropa federal já atuam no Ceará desde sexta-feira (5), na tentativa de conter a onda de ataques que ocorre no estado há seis dias. Os crimes, no entanto, continuaram no domingo e nesta segunda-feira.

Em todo o estado, ocorreram 153 ações criminosas desde quarta-feira(2). Em um dos crimes mais ousados, um bando explodiu a coluna de um viaduto na BR-020, em Caucaia. A estrutura recebe escoras e está bloqueada para o tráfego de veículos. Em Limoeiro do Norte, criminosos explodiram a antena de uma telefonia e deixaram 12 cidades sem sinal em celulares.

O Ceará recebeu também reforço de 100 policiais militares da Bahia e 50 policiais rodoviários federais, que atuam em conjunto na tentativa de conter a onda de violência.

As ações criminosas são uma reação de membros de facção à proposta do Governo do Estado de reforçar a fiscalização nos presídios para evitar a entrada de celulares. Os criminosos pedem também, por meio de pichações em prédios públicos, a saída do secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuqurque, que afirmou que iria acabar com a divisão de facções nos presídios do Ceará.

Atualmente, cada presídio do estado abriga internos integrantes da mesma organização criminosa.

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 0:08h

Forte ventania causa estragos em Macau e derruba parte do Moinho

A População macauense foi surpreendida na tarde desta segunda-feira com uma serie de fortes rajadas de vento que causaram imensos transtornos à população e à cidade. A secretaria de infraestrutura e o departamento de defesa civil do município ainda recebe a todo momento informações de danos causados em telhados, casas, no hospital municipal e em prédios espalhados por toda a cidade além de alguns distritos. Quedas de árvores também foram registradas.

Segundo informações de centros de monitoramento e previsão do tempo as rajadas tiveram um pico de 43km/h e puderam ser sentidas em toda a região.

Também de acordo com as informações recebidas, a previsão é que por volta das 20:00 (horário local) da noite de hoje, novos ventos sejam sentidos de igual intensidade; por isso, a Prefeitura de Macau aconselha aos cidadãos que evitem sair de suas casas, estacionar veículos embaixo de árvores e outros objetos suspensos. Quedas de energia podem eventualmente acontecer para conserto da rede elétrica que foi parcialmente danificada.

A Prefeitura de Macau através da secretaria de infraestrutura já está trabalhando para controlar e minimizar os problemas.

Em contato, o Prefeito Túlio Lemos disse que: “Estou acompanhando um pouco assustado mas de perto esses problemas que estão acontecendo na nossa cidade. Macau foi atingida por um vendaval que jamais foi visto na história da nossa cidade, mas tenho certeza que nos próximos dias todas as soluções para estes problemas já estarão em prática. Iremos já nesta semana iniciar um projeto de reconstrução do cartão postal macauense, o Moinho, e também nas demais situações”.

Assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Macau.

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 0:05h

Mulher chega morta em maternidade na Grande Natal após parto e bebê não é encontrado

Uma mulher chegou morta à Maternidade Divino Amor, em Parnamirim, na Grande Natal, nesta segunda-feira (7). Na unidade, os médicos descobriram que ela havia dado à luz a uma criança pouco antes de dar entrada no hospital. Porém o bebê não foi encontrado.

Funcionários que não quiseram se identificar disseram que a mulher chegou com familiares à unidade de saúde. Os funcionários informaram que ela estava desacordada e que foi colocada em uma cadeira de rodas, para ser levada ao centro cirúrgico da maternidade.

No entanto, quando os médicos se aproximaram a paciente e a examinaram, descobriram que estava morta, não havia sinais vitais. O que chamou atenção deles é que não havia feto ou bebê na barriga da mulher, apenas a placenta, o que indicaria que o parto foi feito antes de ela chegar à maternidade de Parnamirim.

A direção do hospital comunicou o fato para a Polícia Civil, para que seja apurado o que aconteceu. O corpo foi levado até o Instituto Técnico-científico de Perícia (Itep) para a elaboração do laudo que indicará a causa da morte.

Os familiares da mulher ficaram em uma sala do hospital para serem ouvidas pela polícia. O serviço social da maternidade informou à reportagem que a irmã dela disse que não sabia quantos meses tinha a gravidez. Ao ser perguntada sobre o cartão do pré-natal, afirmou que havia sido roubado, mas depois revelou que não foi feito e que a gravidez era escondida.

Nem o nome da mulher, nem a idade e nem o mês de gestação em que ela estava foram informados pela administração da Maternidade de Divino Amor.

G1/RN

Postado em 8 de janeiro de 2019 - 0:00h

Empresário de banda de forró é executado a tiros na Zona Sul de Natal

João Paulo Ramos Agostinho da Silva tinha 33 anos e foi executado em Capim Macio, Zona Sul de Natal — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

VÍTIMA (FOTO CEARÁ-MIRIM LIVRE)

Um empresário de uma banda de forró foi morto a tiros em Capim Macio, Zona Sul de Natal, na noite desta segunda-feira (7). João Paulo Ramos Agostinho da Silva tinha 33 anos de idade e foi executado em frente a um bar, na Rua Américo Soares Wanderley, onde bebia com os amigos.

De acordo com testemunhas, João Paulo estava no estabelecimento, quando recebeu uma ligação no celular e foi para a rua atender, do lado de fora. Foi aí que três tiros foram ouvidos. O empresário foi atingido pelos disparos e morreu no local.

G1/RN

Postado em 7 de janeiro de 2019 - 23:53h

Homem morre em assalto na rua de casa na Zona Norte de Natal

Homem morre em assalto na rua de casa na Zona Norte de Natal — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Um homem foi morto após um assalto na Zona Norte de Natal, no início da noite desta segunda-feira (7). O crime aconteceu no conjunto Santarém, Rua Umuarama, de acordo com a Polícia Militar. A vítima, Fábio Júnior Sabino de Lucena, tinha 29 anos e trabalhava como prestonista. Ele morava na mesma rua em que foi assassinado.

O soldado Rodolfo Moura, do 4º Batalhão da PM, disse que o Fábio Júnior estava sentado com vizinhos na calçada, no momento em que chegaram os assaltantes. Eram dois em uma motocicleta. Eles roubaram uma moto que estava com as vítimas.

Quando os criminosos se preparavam para fugir, Fábio Júnior e outro homem tentaram correr pela rua. Os bandidos então atiraram. O soldado Rodolfo conta que o homem que estava com Fábio foi atingido de raspão na roupa e não teve ferimentos. O prestonista foi baleado e morreu no local. Os assaltantes não foram mais vistos.

G1/RN

 

Postado em 7 de janeiro de 2019 - 23:50h

Mossoró registra o 6º homicídio de 2019

Imagem

A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou no início da noite desta segunda feira 7 de janeiro de 2019, mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo.

O crime aconteceu na Estrada da Raiz, entre os conjuntos Royal Ville e Nova Mossoró. A vítima o comerciante Marcos Francisco Dantas foi encontrado morto com marcas de tiros, dentro do seu veículo, um Ronda Civic de cor cinza com placas OJV 7043 Mossoró RN. Ele foi morto com cerca de três tiros dentro de seu veículo.

Marcos era um dos donos de uma loja de conveniência em Mossoró e também fazia bico como motorista de aplicativo.

Testemunhas informaram à Polícia que após os disparos visualizaram quatro homens empurrando um carro que foi abandonado com a vítima dentro. O veículo foi deixado próximo a uma cerca de arame 100 metros de distância do local onde ocorreram os tiros. Após os procedimentos de perícia realizados pela equipe do ITEP, com a presença da equipe da delegacia de Plantão, comandada pelo Dr. Antônio Fernando, o corpo da vítima foi recolhido e encaminhado para ser examinado no Instituto Médico Legal do ITEP.

O corpo será liberado após o comparecimento de familiares no órgão pericial, com a devida documentação. Mossoró registra o sexto homicidio do ano de 2019. O crime será investigado pela Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM)

FIM DA LINHA

Postado em 7 de janeiro de 2019 - 23:44h

Em enterro de PM, Witzel promete ‘aniquilar e asfixiar’ o crime organizado

O corpo do soldado Daniel Henrique Mariotti, baleado ao tentar impedir assalto na Linha Amarela, foi enterrado no fim da tarde deste domingo (6), no Jardim da Saudade de Sulacap, na Zona Oeste do Rio.

Estiveram presentes o governador Wilson Witzel, o senador Flávio Bolsonaro, o secretário de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga, e o vice-governador Claudio Castro, assim como colegas de farda, amigos e familiares.

“A morte do policial Mariotti, de qualquer cidadão, sempre vai resultar em ações da polícia Civil, Militar e Administração Penitenciária. Nós não vamos permitir que o crime organizado continue barbarizando a nossa sociedade. Vamos agir, sim, cada vez mais coordenados, com mais reforços, com mais técnicas, e nós temos a convicção de que vamos vencer o crime organizado. O Estado é mais forte que eles e nós vamos usar todos os esforços e meios para aniquilar e asfixiar esse crime organizado.”

A secretária estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiana Bentes, anunciou que criará uma coordenadoria para atendimento às famílias dos agentes de segurança mortos.

“A ideia é atuar na orientação dessas famílias, nos direitos da previdência desses policiais. Tudo que temos Que fazer para nossos familiares faremos agora para os policiais”, disse Bentes.

Mariotti foi baleado no sábado. Ele estava de moto e foi atingido na cabeça por criminosos que praticavam assaltos perto da Saída 7 da Linha Amarela, uma das principais vias expressas do Rio.

O soldado chegou a ser levado para o Hospital Federal de Bonsucesso, mas não resistiu. Segundo o governo do estado, não havia neurocirurgião na unidade de saúde e foi preciso deslocar dois médicos do Hospital da PM para atender o policial.

“Eu fiz a minha parte. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros tomaram as providências para providenciar um neurocirurgião. Tivemos, por alguns instantes, a esperança de que ele seria submetido à cirurgia e eu mesmo estive ali com o seu Jorge, pai dele, ali, orando com a sensação de que poderíamos ter uma vitória”, disse Witzel.

Última mensagem ao pai

Na véspera, Mariotti havia enviado a seguinte mensagem para o pai: “Pai, estou estou escutando um louvor, e me veio a lembrança da minha infância e de tudo o que passamos juntos”, escreveu. “Queria te agradecer por tudo que fez e ainda faz por mim”, continuou.

Mariotti tinha 30 anos e deixa mulher e um filho de 3 anos. “Agora que sou pai, percebo o tamanho do amor que um pai tem por um filho. Você foi e é o melhor que você pode ser. Queria dizer que te amo muito. Espero que meu filho sinta por mim o amor que sinto por você”, escreveu ao pai.

O presidente Jair Bolsonaro prestou condolências no Twitter, e o governador Wilson Witzel lamentou, em nota, a morte do soldado.

“Meu pesar à família de mais um PM assassinado no RJ, o soldado Mariotti. A caça aos agentes de segurança e o massacre dos cidadãos de bem sempre foram tratados como números. Legislativo, Executivo e Judiciário juntos, devem na lei, propiciar garantias para que o bem vença o mal”, escreveu o presidente.

Busca por assassinos

Neste domingo, uma operação conjunta das polícias Civil e Militar foi realizada em comunidades das Zona Norte para encontrar os assassinos do soldado. Ao menos quatro pessoas foram presas no Mandela, em Benfica – um deles seria o gerente do tráfico. Não foi confirmada a relação dos detidos com a morte do PM.

O Disque Denúncia divulgou um cartaz pedindo informações que ajudem a esclarecer o crime. A recompensa para pistas que levam à prisão dos criminosos é de R$ 5 mil. O telefone para contato é 2253-1177, e o número do WhatsApp é 21 98849-6099.

G1/RJ

Postado em 7 de janeiro de 2019 - 17:06h

Governadora do RN anuncia parcelamento de salários, mas sem data para folhas atrasadas

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), apresentou aos dirigentes de sindicatos que representam servidores estaduais, no início da tarde desta segunda-feira (7), um calendário para pagamento da folha de salários. A proposta do governo é depositar, até o próximo dia 10, linearmente, 30% dos salários de janeiro, e completar o vencimento com os outros 70% no fim do mês. O mesmo aconteceria nos meses seguintes.
Porém, o governo não anunciou como fará para colocar em dia outras quatro folhas que estão em atraso. O governo deve os salários de novembro para quem ganha acima de R$ 5 mil, o salário de dezembro de todos os servidores, além de parte do 13º de 2017 e o 13º de 2018. Segundo o próprio Executivo, eles somam quase R$ 1 bilhão.
A proposta não agradou os sindicatos, que prometem debater a situação com as categorias. “Não sei como as bases do sindicato irão reagir. A proposta é muito dura para o servidor”, disse Nilton Arruda, presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol).
“Nós não somos funcionários de gestão, somos servidores do estado”, criticou Janeayre Souto, do Sindicato dos Servidores da Administração Direta (Sinsp), considerando que o governo não levou em conta a “impessoalidade da gestão”. Para ela, o novo governo tem que se responsabilizar pela dívida que recebeu da administração anterior.
G1/RN
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 16:57h

Policial Militar é morto em Japeri, na Baixada Fluminense, RJ

Um policial militar morreu após ser baleado em Japeri, na Baixada Fluminense, no início da manhã desta segunda-feira (7).

De acordo com a PM, o soldado Miquéias Marinho Ribeiro, de 31 anos, saía para o trabalho de carro quando homens, que estavam em outro veículo, passaram e dispararam várias vezes contra o policial, que estava em frente a casa da família, em Engenheiro Pedreira, na Baixada. O pai chegou a socorrer o filho para a Policlínica Itália Franco, também em Japeri, mas ele não resistiu.

O pai do policial, Israel Ribeiro da Silva, contou que o filho foi morto quando passava na casa dos pais, como fazia diariamente, antes de seguir para o trabalho. A família estava dormindo quando escutou os tiros. Ao chegar na entrada da casa, encontraram o filho baleado dentro do carro e socorreram.

“Eu estava dormindo e escutei um barulho. Escutamos tiros, tipo fogo, assim, muita coisa. Como eu pensei assim “isso não é comum, vou sair lá fora”. Meu filho tava chorando, minha esposa, e ela desesperada lá na frente eu não sabia nem o que fazer. Aí perguntei se estava vivo e falaram “tá vivo”, aí peguei o carro e saí correndo para a Policlínica Itália Franco”, contou Israel Ribeiro, pai do PM.

“Para mim meu filho era muito estudioso, muito inteligente, muito trabalhador também, sempre procurou cumprir os horários dele no trabalho, sempre foi assim. Eu amava muito meu filho”, completou.

Durante cerimônia de posse do Defensor Geral Rodrigo Pacheco, na manhã desta segunda (7), o Governador Wilson Witzel, disse que o policial foi vítima de crime passional.

“A linha de investigação é que foi um Crime passional, uma questão envolvendo ex-namorada, ex-mulher. Mas a polícia já tem a identificação prévia de quem foi o autor do crime, e a polícia está trabalhando para prendê-lo” disse Witzel.

O soldado Miquéias é o segundo policial militar morto no estado este ano. Ele era lotado na UPP Nova Brasília, e estava na Corporação desde 2013. O agente deixou esposa e um filho.

Na noite do último sábado (5) outro policial militar, Daniel Henrique Mariotti, morreu após ser baleado na cabeça à tarde na Linha Amarela quando tentou impedir assaltos na via, na altura da Zona Norte do Rio.

G1/RN

Postado em 7 de janeiro de 2019 - 16:53h

Marido mata esposa e se suicida em seguida no município de Senador Eloi de Souza

FOTO: BLOG MIQUEAS CAPUXU

Uma mulher foi morta espancada com barras de ferro na madrugada de domingo (6) em uma comunidade rural do município de Senador Elói de Souza, a cerca de 60 quilômetros de Natal. O principal suspeito do crime era o companheiro dela, que foi encontrado enforcado, pela polícia.
A vítima foi identificada como Marciana Felix de Sales, que tinha 30 anos de idade. Segundo a polícia, moradores do Assentamento Aroeira chamaram a polícia por volta das 2h50, afirmando que viram o homem agredindo a mulher com uma barra de ferro.
A mulher foi socorrida, em uma ambulância, ao hospital da cidade, mas já chegou sem vida à unidade.
O corpo de José Antônio Vital Ferreira, de 39 anos, que era o companheiro de Marciana, foi encontrado enforcado no mesmo imóvel. A suspeita da polícia é que ele tenha se matado após cometer o crime.
G1/RN
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 16:43h

ASSALTO A CORRESPONDENTE BANCÁRIO NA MANHÃ DESSA SEGUNDA (07) EM CRUZETA

CN POLÍCIA: Por volta das 09 horas da manhã dessa segunda-feira (07/01/2019) um assalto foi registrado em um correspondente bancário da cidade de Cruzeta/RN. Segundo informações chegadas ao nosso blog, um veículo Zafira da cor bege (Adesivo no para-brisa traseiro DEUS É FIEL) e uma motocicleta Honda Tornado 250 cilindradas da cor vermelha foram usadas no assalto.
Policiais Militares de várias cidades foram mobilizados e estão a procura dos assaltantes. Qualquer informação que ajude a localizá-los repassar para 190. A quantia roubada não foi divulgada.
No aguardo de mais informações !!!!!!
DA REDAÇÃO
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 12:20h

Ceará transfere 20 chefes de facções para presídios federais em outros estados

O governo federal, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), disponibilizou 60 vagas em presídios federais de segurança máxima para detentos que estão no em penitenciárias do Ceará.
O estado vive, há seis dias, uma onda ataques contra veículos, órgãos públicos, agências bancárias, estabelecimentos comerciais e equipamentos de segurança.
Os atentados, organizados por facções criminosas, com forte atuação dentro dos presídios, seriam uma represália ao anúncio do governo estadual de medidas para endurecer as regras no sistema carcerário estadual.
Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária do Ceará, um preso já foi transferido e outros 19 estão sendo embarcados nas próximas horas, totalizando 20 transferências de forma imediata. A identidade dos detentos não foi divulgada, mas são lideranças das facções que atuam no estado, vinculadas a grupos como o Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE). Também não foi informado para quais dos cinco presídios federais os presos estão sendo remanejados. O governo analisa a transferência de mais presos ao longo dos próximos dias.
A população carcerária do estado ultrapassa os 29,5 mil detentos, incluindo presos provisórios e aqueles dos regimes semiaberto e fechado. O número total de vagas, no entanto, é de pouco mais de 13 mil, somando todas as unidades prisionais do estado, uma superlotação de quase 60% da capacidade, segundo os dados mais recentes do governo do estado.
Em varredura nos presídios do estado nos últimos dias, foram apreendidos, segundo o governo, cerca de 400 celulares e alguns aparelhos de televisão, em número não informado. Não houve registro de incidentes nas unidades e, em duas delas, as visitas foram suspensas ao longo do fim de semana, por razões de segurança.
Nesse domingo, 6, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará confirmou a prisão de 110 suspeitos de envolvimento nos ataques criminosos dos últimos dias. A Polícia também informou a morte de ao menos três pessoas, supostamente em confronto com as forças de segurança.
Ajuda federal reduz ataques
Agentes da Força Nacional de Segurança também estão atuando nas ruas da capital desde sábado, 5. A reportagem da Agência Brasil registrou a presença do efetivo em algumas avenidas e terminais de ônibus da capital. No terminal Antônio Bezerra, no bairro de mesmo nome, os agentes federais davam suporte à segurança do local, de onde partiam e chegavam ônibus urbanos que circularam pela capital ao longo do dia. Uma equipe de três policiais militares escoltava cada veículo coletivo.
De acordo com balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o número de ataques em Fortaleza e região metropolitana caiu nas primeiras 24 horas de atuação da Força Nacional de Segurança Pública.
Os ataques, que chegaram a 45 na quinta-feira (3) e 38 no sábado (5), caíram para 23 neste domingo (6), informou a pasta, em nota. Ao todo, a Força Nacional participa de ações de segurança com um efetivo de 330 homens e 20 viaturas, em ações de patrulhamento ostensivo, preventivo e repressivo em pontos importantes como terminais rodoviários e vias de grande circulação. Os agentes federais permanecerão no estado pelo prazo inicial de 30 dias, que poderá ser prorrogado.
JEAN SOUZA
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 12:15h

Preso por tráfico de drogas em 2017, sofre tentativa de homicídio neste domingo no Abolição IV em Mossoró

Imagem

m jovem de 22 anos de idade, identificado como Natann Medeiros Rique da Escóssia, foi vítima de uma tentativa de homicídio por arma de fogo, no início da noite deste domingo, 06 de janeiro de 2019, no Conjunto Abolição IV onde mora com a família.
De acordo com a PM a vítima foi atingida com cerca de três tiros e socorrida pelo Samu para o Hospital Tarcísio Maia, onde foi entregue à equipe médica de plantão e deverá ser submetido a intervenção cirúrgica. Policiais do Grupo Tático Operacional (GTO) foram acionados pelo Ciosp para a ocorrência.
A vítima relatou para os policiais, que estava em uma lanchonete naquele conjunto habitacional e teria se desentendido com uma pessoa por causa de ciumes. Ele deixou o local e foi pra casa e quando chegou em sua residência, uma pessoa supostamente a que teria discutido com o mesmo, se aproximou e efetuou cerca de quatro disparos em sua direção.
Natann Medeiros, foi preso em novembro de 2017, durante uma operação da Delegacia de Furtos e Roubos. Na casa dele os policiais encontraram 2 quilos e 200 gramas de pasta base de cocaína e 670 gramas de maconha. Os procedimentos foram realizados na Delegacia de Narcóticos (Denarc).
FIM DA LINHA
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 11:43h

Bandidos quebram parede e arrombam caixa de banco dentro de farmácia em Nova Parnamirim, na Grande Natal

Apesar do estrago no terminal, que ficou parcialmente destruído, a PM contou que os bandidos não conseguiram violar o compartimento das cédulas — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Após abrirem um buraco na parede, criminosos invadiram uma farmácia e usaram um maçarico para arrombar um caixa de banco em Nova Parnamirim, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (7). Segundo a PM, o dinheiro não foi levado.
A farmácia arrombada fica na Av. Maria Lacerda Montenegro, uma das mais movimentadas na região. Segundo a Polícia Militar, não há informações de quantos criminosos participaram da ação.
Apesar do estrago no terminal, que ficou parcialmente destruído, a PM contou que os bandidos não conseguiram violar o compartimento das cédulas. O maçarico e um cilindro foram deixados dentro da farmácia.
Esta foi a segunda tentativa, em menos de suas semanas, que os criminosos tentaram saquear o dinheiro deste mesmo terminal.
G1/RN
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 11:41h

Jovem é transferido para o HRS após grave acidente com moto em Jardim de Piranhas

A Polícia Militar do município de Jardim de Piranhas registrou um acidente grave na manhã dessa segunda feira, 07 de janeiro, envolvendo um motoqueiro que entrava na cidade via RN-288.
Fabrício Elias da Silva, 26 anos, pode ter perdido o controle do guidão e caiu, esta é a informação que a polícia tem até o momento. A vítima foi transferida para o Hospital do Seridó, em Caicó.
Notícia destorcida
Nas redes sociais pessoas repassam informações desencontradas sobre o estado de saúde de Fabrício, inclusive comentando sua morte, o que tem preocupado familiares e amigos da vítima.
“O que a policia tem de concreto até o momento é que o jovem saiu consciente daqui, aparentemente sem risco de morte, e foi levado para o hospital de Caicó”, disse o Cabo PM Marcelo ao blog 
JAIR SAMPAIO
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 11:40h

Cai número de ataques no Ceará, diz Ministério da Justiça e Segurança

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que caiu o número de ataques, em Fortaleza e região metropolitana, nas primeiras 24 horas de atuação da Força Nacional de Segurança Pública em apoio às forças policiais locais. As tropas começaram a atuar na capital do Ceará no sábado (5).
Houve 45 ataques na quinta-feira (3) e 38 no sábado (5). Segundo o ministério, ontem (6) foram registrados 23.
O planejamento das operações é feito pela Polícia Militar do Estado do Ceará. A Força Nacional permanecerá no estado por até 30 dias, prazo que poderá ser prorrogado.
São 330 homens e 20 viaturas que atuam no patrulhamento ostensivo, preventivo e repressivo em pontos importantes como terminais rodoviários e vias de grande circulação.
A Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal intensificaram suas atividades no estado e o departamento Penitenciário Nacional (Depen) auxilia na identificação de infrações nas prisões.
Por Agência Brasil
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 11:39h

Após troca de tiros com PM, dois são mortos no CE; 110 já foram presos

Dois suspeitos de ataques criminosos no Ceará, ainda não identificados, foram mortos durante troca de tiros com a Polícia Militar na madrugada deste domingo, 6. No combate, no bairro Granja Portugal, em Fortaleza, um policial foi atingido na mão.
O caso aconteceu após os suspeitos tentarem atear fogo em um posto de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Coletes balísticos, um revólver calibre 38, munições deflagradas, coquetéis molotov, galões de combustíveis e um veículo também foram apreendidos pela PM. Na última quinta-feira, 3, um suspeito também foi morto após atirar contra uma equipe policial que estava atendendo a uma ocorrência de dano a um fotossensor na CE-010.
Além disso, mais sete pessoas foram presas de sábado, 5, para este domingo, 6, por envolvimento nas ações criminosas no Ceará desde a última quarta-feira, 2. Com as novas capturas, 110 pessoas, ao todo, estão detidas – destes, 34 são adolescentes. A informação é da Secretaria da Segurança Pública do Estado do Ceará (SSPDS).
Um preso em flagrante por venda irregular de combustível a grupos criminosos também foi detido. Um caminhão foi apreendido e o homem foi direcionado para a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). “De acordo com as apurações, o suspeito vendia cada galão de gasolina a R$ 70”, afirmou a pasta
Mais de 100 ataques criminosos ocorreram no Estado cearense desde a última quarta-feira, 2. Mais de 20 municípios foram palco dos crimes. Ônibus, agências bancárias, delegacias, equipamentos públicos, veículos particulares, postos de combustíveis e supermercados foram atingidos.
Mais de 300 profissionais de segurança pública e 30 veículos, enviados pela Força Nacional de Segurança, estão reforçando a patrulha policial desde a noite de sábado. Cerca de 80 agentes penitenciários também foram enviados ao Ceará pelos governos de outros Estados do Nordeste para fortalecer o sistema prisional.
Segundo investigações, a origem dos ataques criminosos estaria ligada ao discurso do titular da recém-criada Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque. O secretário afirmou não reconhecer o poder das facções rivais em unidades prisionais distintas. Até o fim de 2018, membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) estavam na Casa de Privação Provisória de Liberdade 3 (CPPL 3), na Região Metropolitana de Fortaleza. Integrantes da Guardiães do Estado (GDE), aliados do PCC no Ceará, eram levados à CPPL 2. Já criminosos ligados ao Comando Vermelho, nas CPPLs 1 e 4. Presos sem ligação com quaisquer facções também estão espalhados pelas unidades.
Na capital cearense, 136 ônibus de 109 linhas (menos de 10% da frota total) circulam com policiais militares. Outros 21 veículos têm agentes de segurança na Região Metropolitana. A iniciativa foi articulada com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do ceará (Sndiônibus).
Agência Estado
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 11:39h

Caminhão carregado com dois mil frangos vivos é incendiado por criminosos no Ceará

Um grupo de criminosos incendiou um caminhão carregado com galinhas vivas na madrugada deste sábado (5) em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. A proprietária do veículo disse que cerca de 2 mil frangos morreram queimados.
Segundo a polícia, o crime faz parte de uma série de ataques criminosos que atinge o ceará desde a noite de quarta-feira (2) e atingiu ônibus e prédios públicos, como prefeituras, delegacia e fóruns do estado.
O número de ataques criminosos chegou a 87, desde o início da onda de violência até este sábado. Ao todo, 86 pessoas foram presas , conforme a Secretaria da Segurança Pública do Ceará. 
Durante o ataque ao caminhão de frangos, os criminosos ordenaram que o motorista e o ajudante deixassem o veículo. Os bandidos jogaram combustível e queimaram o veículo e toda a carga.
A proprietária do caminhão, Rosângela Freitas, disse que os frangos estavam em 300 caixas. A carga seria entregue em um estabelecimento para comercialização. Rosângela informou que ainda está contabilizando o prejuízo.
A polícia e o Corpo de Bombeiros foram acionados, mas já encontraram o caminhão totalmente em chamas. Os suspeitos fugiram. Agentes da Força Nacional chegaram ao estado para reforçar a segurança após a onda de violência.
JAIR SAMPAIO
Postado em 7 de janeiro de 2019 - 11:38h

Desembargador suspende decisões sobre pagamento do 13º salário de 2018 a policiais e servidores da Saúde

O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Gilson Barbosa, determinou a suspensão de pelo menos três decisões da 1ª instância da Justiça potiguar que estabeleceram prazo de cinco dias para que o Estado pagasse o 13º salário de 2018 aos agentes e escrivães da Polícia Civil, além de servidores da Saúde.
As decisões do desembargador plantonista foram tomada neste sábado (5) a pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que entrou com recursos que seguem uma mesma argumentação.
O magistrado considerou que o salário é um direito do trabalhador, mas declarou que esse tipo decisão não é autorizada pela jurisprudência, através de tutela de urgência, especialmente em regime de plantão, como foi o caso da decisão dos juizes da primeira instância.
Entre os argumentos, ele considerou que a lei estabelece que não pode haver uma decisão liminar “que esgote, no todo ou em qualquer parte, o objeto da ação”.
“A esse respeito, não se pode negar o direito à percepção da gratificação natalina pelos policiais civis e por todos os servidores estaduais, assegurado constitucionalmente. A contraprestação financeira devida pelo labor despendido diariamente não pode ser desconsiderada, nem tampouco se pode afirmar que o Poder Judiciário está alheio ou insensível à situação vivenciada pelos servidores nos últimos anos, principalmente com o agravamento da crise financeira estadual. Todavia, a obediência aos ditames legais, no caso, se impõe”.
Após a decisão da 1ª instância da Justiça a favor dos agentes da Polícia Civil, outras categorias entraram com ações semelhantes e receberam decisões favoráveis, com multas diárias em caso de descumprimento, como os escrivães e os servidores da Saúde. Mas as 
decisões do desembargador suspenderam todas essas.
Policiais militares ligados à Associação de Cabos e Soldados e os agentes penitenciários também conseguiram decisões favoráveis neste sábado (5). A assessoria do governo do estado ainda não respondeu se a PGE também vai recorrer dessas.
Estão em atraso as folhas salariais dos meses de novembro (para servidores que ganham acima de R$ 5 mil), dezembro (para todos os servidores, ativos e inativos), 13º salário de 2018 (para todos os servidores) e o 13º salário referente a 2017 para os servidores que ganham acima de R$ 5 mil.
G1/RN
Postado em 6 de janeiro de 2019 - 22:34h