MAIS INFORMAÇÕES DA PRISÃO DO TRIO PRESO DURANTE ARRASTÃO EM CANDELÁRIA NA MANHÃ DE ONTEM (11)

Um assaltante foi baleado e socorrido e outros três presos na manhã desta sexta-feira (11) durante uma troca de tiros com policiais militares no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal. O confronto aconteceu quando os criminosos tentavam fugir após um arrastão a uma residência.

MORREU NO CONFRONTO

De acordo com o oficial de serviço do 5º Batalhão da PM, os criminosos estavam dentro da casa quando as viaturas chegaram e fizeram um cerco ao imóvel. Ao tentarem escapar pulando os muros de residências vizinhas, houve troca de tiros e um dos bandidos acabou atingido.
“Ele ainda foi socorrido por uma das viaturas ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas ainda não temos informações sobre o estado de saúde dele”, disse o tenente-coronel Eduardo Franco, da assessoria de comunicação da PM.
Os três presos são: Jackson Martins da Costa, 22 anos residente em Mãe Luiza, Alex Felipe do Nascimento de Lima, 22 anos residente no bairro Igapó e Davidson Diego do Nascimento Barbosa, 26 anos residente nas Rocas, todos em Natal.
Com o assaltante baleado os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12.
FOCOELHO
Postado em 12 de janeiro de 2019 - 14:53h

Polícia Militar prende trio de assaltantes que vinha aterrorizando a cidade de Macau

A Polícia Militar de Macau sob o comando do capitão Sidcley desarticulou um trio de assaltantes que vinha aterrorizando Macau.
O trio vinha praticando diversos assaltos na cidade a comércios. Os acusados maiores de idade são Bismarck Edson e Natanael Freire e mais um menor de idade apreendido pela polícia.
Os meliantes foram presos com arma e o dinheiro roubado de uma padaria que assaltaram no começo da noite de ontem.
O capitão Sidcley afirmou ao blog É isso aí que desde que assumiu o comando da Polícia Militar de Macau que fez um compromisso com toda sociedade de colocar esses criminosos atrás das grades e garantir a segurança para todos os macauenses, e assim foi feito. O militar ainda agradeceu a todos os policiais que junto com ele trabalharam diuturnamente para prender esses maliantes.
Postado em 12 de janeiro de 2019 - 14:41h

Polícia prende “Arlequina kabuloza” integrante de facção criminosa

Policiais Militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) (Equipe CPM 05), em patrulhamento na noite desta sexta-feira (11) na travessa Maristela Alves, imóvel 507, bairro Felipe Camarão, efetuaram a prisão da pessoa de Vanessa Kelly Barbosa da Silva, vulgo Arlequina kabuloza, 28 anos.
A infratora, que no mês de dezembro do ano de 2018 tinha efetuado um roubo a uma farmácia em Monte Alegre/RN, foi presa em sua casa.
Com ela foi aprendidos: 03 tabletes grandes, 31 porções pequenas e outra num recipiente de substância verde, possivelmente maconha, 20 pedras pequenas e 02 maiores de substância amarelada, provavelmente crack, além de R$ 147,35 em espécie, 02 balanças de precisão, diversos pinos de plástico, sacos plásticos, 07 estojos deflagrados de calibre 38 e 01 intacto de calibre 380, um coldre para revólver, um rolo de papel filme e um mega hair.
FOCOELHO
Postado em 12 de janeiro de 2019 - 14:33h

Testemunhas apontam suposto assassino do empresário Henrique Lopes

Com o setor policial bastante agitado em face à morte do empresário Henrique Lopes, O Henrique de Barra, como era mais conhecido, surgem também os primeiros informes com o nome do suposto suspeito de assassiná-lo.

O apontado por mais de uma testemunha, moradores de Barra de Santana, inclusive com confirmação em áudios nas redes sociais, é o ex-presidiário Odair José Alves, de alcunha Barata, de 42 anos: suspeito nº1  do violento crime.

Barata foi preso por força de mandado de prisão na cidade de São Fernando. Ele é apontado autor, homicida, no crime que tirou a vida do caicoense Isaac Torres, filho de criação do ex-prefeito de Caicó, Manoel Torres (in-memoriam).

Uma das supostas testemunhas confirma em áudio que Barata insinuara a morte do empresário há poucos dias: “Ele disse que ia matar Henrique, já que ia morrer mesmo ]sic]. Henrique colocou o carro por cima dele [sic]”, comenta.

A ligação da morte do empresário ao ex-presidiário está largamente difundida nas redes sociais. Há inclusive quem faça esta afirmação publicamente, garantindo-se uma boa linha de investigação para o trabalho da polícia judiciária.

O empresário já havia sido preso na Operação Coiteiros. Oito pessoas foram denunciadas à época por envolvimento com crimes de tráfico de drogas. Ele também respondia por homicídio na Vara Criminal da Comarca de Macaíba-RN.

JAIR SAMPAIO

 

 

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 13:35h

PM aposentado é morto durante briga em bar na Zona Sul de Natal

Um policial militar reformado foi morto a tiros na manhã deste sábado (12) após uma discussão em um bar do conjunto San Vale, na Zona Sul de Natal. Rafael Andrade da Silva tinha 37 anos de idade e, de acordo com a Polícia Militar, foi aposentado por problemas psiquiátricos.

Ainda segundo a polícia, o PM aposentado se envolveu em uma briga dentro do estabelecimento e, depois de trocar socos com um homem, foi atingido por um tiro. Ele morreu no local.

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 12:53h

PRF prende universitários pernambucanos com mais de 4 kg de haxixe e Skank no RN

Dois universitários pernambucanos de 21 anos foram presos, nesta sexta-feira (11), próximo à cidade de São José de Mipibu, na Grande Natal, após desobedecerem ordem de parada de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com eles, foram encontrados quatro quilos de substância semelhante à haxixe, avaliada em R$ 16 mil.

A droga estava escondida dentro do veículo, um HB20 de cor prata, placas OGD-1883, de João Pessoa. O haxixe estava escondido em oito pacotes. Para se livrar do flagrante, a dupla ainda tentou subornar os policiais. Eles ofereceram R$ 10 mil aos agentes. Por esse motivo, além do flagrante pelo crime de tráfico, eles terão de responder também a acusação de corrupção ativa. A abordagem foi feita no km 119 da BR-101.

Os dois suspeitos informaram que levavam a droga de Natal para Recife (PE). De acordo com a PRF, eles foram comprar a droga no município potiguar para revender na capital pernambucana. A dupla – que não teve os nomes revelados – foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Natal, no bairro de Cidade da Esperança, Zona Oeste, onde ficaram detidos e seguem à disposição da Justiça. Confira na íntegra!

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 10:19h

Preso extravia tornozeleira eletrônica e é capturado pela Polícia Civil de Parelhas

Nesta sexta (11/01), policiais civis da delegacia de Parelhas e de Jardim do Seridó prenderam Edson Dantas de Oliveira, de 21 anos. O trabalho foi coordenado pelo delegado Dr. Alex Wagner, chefe da delegacia de Parelhas.

Edson cumpria pena em regime aberto, no entanto rompeu e tirou a tornozeleira eletrônica que usava, fato que ensejou a decretação de prisão e regressão para o regime fechado pelo juízo da comarca de Jardim do Seridó.

O acusado é condenado pelos crimes de furto, roubo, ameaça e porte de arma de fogo. O mesmo agora vai cumprir a pena novamente em regime fechado, sendo ele encaminhado para a penitenciária estadual do Seridó.

MARCOS SILVA

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 10:17h

Empresário Henrique Lopes é assassinado em comunidade no município de Jucurutu

Registrado um crime de grande repercussão para a cidade de Caicó, o empresário Henrique Lopes foi assassinado nesta manhã na Comunidade Barra de Santana, município de Jucurutu. Informações ainda preliminares apontam que o empresário foi vítima de emboscada. Ele passava por sobre um “mata burros” quando foi alvejado a tiros, supostamente por desconhecidos.

A informação foi confirmada ao blog Jair Sampaio pela Polícia Militar de Jucurutu, que no momento está se deslocamento para o local de crime, assim como o Itep de Caicó e Polícia Civil.

Henrique de Barra, como era bastante conhecido na cidade de Caicó, era agropecuarista e proprietário de posto de combustíveis na região. A motivação do crime é desconhecida no meio policial.

JAIR SAMPAIO

 

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 10:12h

Criminosos destroem torre de transmissão e atacam concessionária no 11º dia de onda de violência

Criminosos derrubaram uma torre de transmissão de energia e explodiram uma bomba em uma concessionária de veículos no 11º dia seguido da onda de violência no Ceará. A ação contra a torre ocorreu na madrugada deste sábado (12), em Maracanaú, na Grande Fortaleza. Já o ataque à concessionária foi registrado nesta manhã, na capital.

A onda de violência no estado chegou ao 11º dia seguido com 194 ataques confirmados em 43 municípios. O Ministério da Justiça confirmou que, desde o início da sequência de crimes, 35 membros de facções criminosas foram transferidos para presídios federais.

De acordo com a Polícia Militar, nesta madrugada, parte da base de uma torre de transmissão no município de Maracanaú foi explodida e o equipamento caiu. Fios de energia ficaram espalhados na via próxima ao local, que está isolado por equipes policiais. Policiais contam com apoio de um helicóptero na busca dos suspeitos e para prevenir novos ataques.

Por conta do ataque, foram registrados relatos de queda e oscilação de energia em bairros de Fortaleza e cidades da Região Metropolitana como Cascavel, Eusébio, Maranguape, Itaitinga e Maracanaú.

A Enel Distribuição Ceará, contudo, informou, por meio de nota, que o ataque à torre de transmissão de 500KV pertencente à empresa de transmissão Sistema de Transmissão Nordeste (STN), em Maracanaú, não causou interrupção no fornecimento de energia para clientes da distribuidora. Equipes da Enel Distribuição Ceará e do Sistema de Transmissão Nordeste estão no local inspecionando a torre.

Em Fortaleza, criminosos provocaram uma explosão em uma concessionária na manhã deste sábado. Segundo informações da polícia, o ataque aconteceu por volta das 5h e atingiu parte da estrutura do estabelecimento, além de veículos que estavam no local. Não há registro de feridos. Os suspeitos fugiram e estão sendo procurados.

Ações do estado contra a violência

A Secretaria da Segurança Pública do Ceará comunicou que 319 suspeitos de envolvimento nos crimes foram detidos. Os atentados começaram após o anúncio de medidas do governo para tornar mais rígida a fiscalização nos presídios cearenses.

O Governo do Estado promete acabar com a entrada de celulares nos presídios e com a divisão de facções dentro das unidades prisionais. O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou que “não há recuo”.

Camilo Santana também destacou que vai apresentar um projeto de lei que beneficia pessoas que denunciarem autores de ataquesviolentos no estado. O projeto será votado neste sábado (12), em uma sessão extraordinária, durante o recesso parlamentar.

A Lei da Recompensa prevê pagamento em dinheiro por informações repassadas pela população à polícia e que resultem na prevenção de atos criminosos e prisão de bandidos envolvidos nas ações.

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 9:54h

PM/PB morre após sofrer descarga elétrica em bomba d’água de açude

Um sargento da Polícia Militar (PM) morreu após sofrer uma descarga elétrica de uma bomba d’água de um açude no Sítio Vitória Régia, localizado na Zona Rural do município de São José de Piranhas, Sertão da Paraíba. O caso aconteceu por volta das 14h30 desta sexta-feira (11), quando a vítima manuseava o equipamento que fica em sua propriedade.

De acordo com o delegado Francisco Filho, que recebeu o caso, o policial foi encontrado enrolado em meio aos fios da bomba d’água. Francisco Filho explicou que o sargento prestava serviços no 14º Batalhão da Polícia Militar (14º BPM), localizado em Sousa, também no Sertão paraibano. O corpo do PM foi encaminhado ao Instituto de Polícia Científica (IPC) do município de Patos, onde deve passar por perícia.

OP9

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 9:43h

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE MÉDICO WILSON JALES E DOS TRÊS COMPARSAS

A Justiça de Umarizal homologou o ato de prisão em flagrante e decretou a prisão preventiva do médico Wilson Edino de Freitas Jales, Israel Franco de Oliveira, Júlio Ricardo Neto e Leonardo Rodrigues do Nascimento, pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio em sua forma qualificada, ocorridos perto de Patu.
Os quatro mataram por pura maldade a aposentada Francisca Alves Silva Oliveira, conhecida por Dona Chica, de 68 anos, e tentaram matar o marido dela, Seu Raimundo Nonato de Oliveira, às 5 horas da manhã de terça-feira, dia 9, no trevo de acesso da cidade de Rafael Godeiro a cidade de Patu. “Foi por pura perversidade”, diz o delegado Sandro Régis.
Sandro Régis é o delegado Regional de Patu e conduziu as investigações desde o início em parceria com a Policia Militar. Conseguiram localizar os quatro suspeitos num bar no Centro da cidade de Patu. Estava bêbados e drogados. Na delegacia, três suspeitos confessaram o crime praticado com requintes de crueldade e sem motivação alguma.
O médico Wilson Jales não confessou. Mas os demais envolvidos narraram, em detalhes, que estavam se dirigindo de Mossoró na direção de Patu, quando passaram pelo casal fazendo a caminhada matinal, pararam o carro, o médico desceu e atirou na cabeça da aposentada e ainda teria ficado rindo da senhora morrendo e do marido dela fugindo pelo mato.
O delegado Sandro Régis destacou que além destes três homicídios qualificados, Wilson Jales também está sendo investigado como mandante do assassinato da ex-mulher, a empresária Rita de Cássia Medeiros Dantas (na época tinha 48 anos), no dia 15 de fevereiro de 2015, em Messias Targino. Este crime foi na fazenda da família.
Os três suspeitos presos narraram também que o médico Wilson Jales teria encomenda a vida de outras três pessoas:
1 – O motorista de ambulância Adolfo Maia, de 38 anos, assassinado no dia 6 de outubro de 2017, quando este brincava com os filhos na calçada de casa na cidade de Patu.
2 – O agricultor Rawlinson Rousseau Monteiro Carlos Godeiro, na época com 42 anos, assassinado no dia 25 de julho de 2018, numa estrada de acesso a cidade de Patu.
3 – O homicida/assaltante Davi Lucas de França Melo, de 19 anos, assassinado no dia 23 de outubro de 2018, na praia de São Cristóvão, em Areia Branca.
No caso de Davi Lucas, os comparsas de Wilson Jales narraram que este foi assassinado em Areia Branca porque juntamente com outro pistoleiro não teriam conseguido assassinar o delegado Sandro Régis, de Patu.
No dia, a Policia conseguiu abortar o plano e pistoleiros abandonaram um Fiat Uno e fugiram quando a polícia se aproximou. Este caso quem tomou conhecimento primeiro e adotou providências foi o delegado municipal Paulo Nilo, de Patu.
O médico Wilson Jales teria mando matar o delegado Sandro Régis, porque este havia o prendido por posse de arma de fogo em 2015 e por está investigando o assassinato de Rita de Cássia, Adolfo e Rousseau, tendo Wilson Jales como principal suspeito.
Com base nestas narrativas e também de várias outras testemunhas, o delegado Sandro Régis pediu a prisão preventiva dos quatro em seu relatório da prisão em flagrante pelo assassinato de Dona Chica e pela tentativa de assassinato contra Seu Nonato.
O pedido do delegado recebeu o parecer positivo do Ministério Público Estadual. No final da manhã desta sexta-feira, 11, a Justiça de Umarizal decidiu por homologar a prisão em flagrante e por decretar a prisão preventiva dos quatro: Wilson, Leonardo, Israel e Júlio.
O delegado disse que agora vai concluir as outras investigações, seguindo os passos narrados por Leonardo, Israel e Júlio, bem como outras testemunhas, e também remetê-los a Justiça.

Por serem perigosos, vão aguardar julgamento da sociedade de Umarizal ou em outra comarca que tenha segurança presos.

Mossoró Hoje 

Postado em 12 de janeiro de 2019 - 9:39h

Bolsonaro sanciona lei que determina cassar CNH de condenados por contrabando

Bolsonaro sanciona lei que determina cassar CNH de condenados por contrabando — Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta sexta-feira (11) a lei que cassa a CNH de motoristas condenados que utilizaram veículos em crimes de receptação, contrabando e descaminho (entrada de mercadoria no país sem passar pelos trâmites legais).

De acordo com o texto publicado no Diário Oficial da União, a punição vale para o condutor que tiver a decisão judicial transitada em julgado. Nesse caso, o criminoso terá seu documento de habilitação cassado ou será proibido de obter a CNH pelo prazo de 5 anos.

Depois desse período, o condutor poderá requerer nova habilitação e passará pelos exames necessários para conseguir o documento. A nova lei entra em vigor a partir da data de sua publicação.

Prisão em flagrante

No caso de ser preso em flagrante, o motorista poderá ter a habilitação suspensa ou ser impedido de obter a CNH por decisão do juiz antes da condenação.

Punição para empresa é vetada

O projeto de lei inicial também previa o bloqueio do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) da empresa que se envolvesse com transporte, distribuição, armazenamento ou comercialização de produtos oriundos de furto, roubo, contrabando, falsificação ou descaminho.

No entanto, este ponto da lei foi vetado. Outra determinação que saiu da lei sancionada foi a exigência que seria feita para estabelecimentos que vendem cigarros e bebidas alcoólicas. Eles deveriam afixar advertência escrita com os seguintes dizeres: “É crime vender cigarros e bebidas contrabandeados. Denuncie”.

G1

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 20:22h

Sobe para 309 total de suspeitos presos por ataques no Ceará

O número de pessoas presas ou apreendidas, suspeitas de participação de ataques criminosos no Ceará, subiu para 309. A informação foi publicada hoje (11) pelo governador do estado, Camilo Santana, em sua página oficial no Facebook. Os ataques promovidos por facções criminosas tiveram início na semana passada e deixaram em alerta todo o estado.

Prédios públicos, viadutos, estradas, ônibus e locais com veículos foram incendiados ou atingidos de alguma forma pelos grupos. Militares da Força Nacional policiam as ruas, prédios e pontos de ônibus de Fortaleza visando garantir a ordem.

Na madrugada de hoje, mais 15 presos do sistema penal do Ceará foram transferidos para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

A operação, concluída às 6h30 da manhã, contou com a participação de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de equipes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e do governo do estado.

Segundo o Ministério da Justiça, foram transferidos até o momento 35 detentos.

Na quarta-feira (9), 20 haviam sido levados para Mossoró. De lá, eles poderão ser distribuídos para outros presídios federais localizados em outros estados.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do estado disponibilizou o número 181, o Disque Denúncia do órgão, e um número de WhatsApp (98969-0182) para receber denúncias de atos criminosas ou atitudes suspeitas.

Com informações da Agência Brasil.

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 20:11h

Justiça sequestra valores de contas bancárias usadas por suspeitos de tráfico de drogas no RN

A Justiça autorizou o sequestro de valores depositados em três contas bancárias de pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas no Rio Grande do Norte. O pedido foi feito pelo Ministério Público Estadual (MPRN) e é relacionado à Operação Lei e Ordem, deflagrada em 21 de dezembro, em Angicos. Além disso, a Justiça converteu as prisões de cinco pessoas em preventivas.

O valor existente nas contas bancárias bloquadas não foi divulgado pela Justiça.

Durante a operação, em dezembro de 2018, foram apreendidos um revólver calibre 38, um simulacro de fuzil, cerca de 1 quilo de maconha e quatro motocicletas. Cinco pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido. Todos são suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A operação Lei e Ordem é fruto de um trabalho investigativo realizado pelo MPRN, através da Promotoria de Justiça de Angicos, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Militar, após a percepção do aumento no número de crimes contra o patrimônio e tráfico de drogas na cidade.

A Promotoria de Justiça de Angicos permanece à disposição da população, para receber notícias de fatos criminosos através do Disque Denúncia 127 do MPRN, que funciona como um canal direto para denúncias de crimes em geral. Basta o cidadão ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza.

G1/RN

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 20:08h

Frentista é levado por bandidos após assalto em Tangará. Assista

Câmeras de vigilância do posto de combustíveis na cidade de Tangará, a 92 quilômetros de Natal, registraram o momento em que, após um assalto, bandidos levaram à força um frentista a entrar no carro e seguir com eles, em fuga. O assalto aconteceu por volta das 3h desta sexta-feira (11). O refém foi libertado logo em seguida, na BR-226, que liga a cidade à capital do estado.

De acordo com informações da Polícia Militar, os quatro bandidos chegaram em um carro branco e já anunciaram o roubo. O frentista foi feito refém e ficou com uma arma apontada para ele durante toda a ação. Nervosos, os assaltantes saíram de forma rápida do local ainda com a porta do veículo aberta.

No vídeo da câmera de segurança é possível ver que outro frentista se afasta do carro ao perceber o que está acontecendo. A polícia informou que os criminosos roubaram R$ 900 do posto e também tinham a intenção de levar a arma do vigilante do posto, mas não conseguiram. No momento do crime, ele não estava fazendo no seu local trabalho.

OP9

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 20:02h

PM prende argentino vendendo brownies de maconha na praia da Pipa, RN

Polícia apreendeu brownies e cigarros de maconha com o argentino na praia da Pipa — Foto: Divulgação/PM

Um argentino foi preso nesta quinta-feira (10) na praia da Pipa, litoral Sul potiguar, enquanto vendia brownies de maconha em uma praça. Com ele, os policiais apreenderam também seis cigarros de maconha e uma quantidade da droga em um saco plástico.

De acordo com o tenente da Polícia Militar Adriano Inácio, comandante do Pelotão Turístico de Pipa, chegou uma denúncia de que o estrangeiro estava vendendo os brownies na Praça do Pescador, no Centro da área urbana da praia. Ao chegarem lá, os policiais confirmaram a informação e prenderam o argentino por tráfico de drogas.

G1/RN

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 19:57h

Assaltante é morto ao trocar tiros com PMs durante arrastão na Zona Sul de Natal; três são presos

Um assaltante morreu e outros três foram presos na manhã desta sexta-feira (11) durante uma troca de tiros com policiais militares no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal. O confronto aconteceu quando os criminosos tentavam fugir após um arrastão em uma residência.

De acordo com o oficial de serviço do 5º Batalhão da PM, os criminosos ainda estavam dentro da casa quando as viaturas chegaram e cercaram o imóvel. Ao tentarem escapar pulando os muros de residências vizinhas, houve a troca de tiros e um dos bandidos acabou atingido.

“Ele ainda foi socorrido por uma das viaturas ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas infelizmente não resistiu”, disse o tenente-coronel Eduardo Franco, da assessoria de comunicação da PM.

Com o assaltante baleado os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12.

Por G1 RN

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 19:55h

Suspeito morto durante assalto em Candelária participou da morte de PM em 2018

VÍTIMA
SUSPEITO MORREU DURANTE O CONFRONTO

O suspeito atingido por tiros e que morreu em confronto com a PM em arrastão em uma casa de Candelária, na zona Sul de Natal, teve participação na morte do Cabo da PM, Melqui Djalcy Rodrigues. A informação foi confirmada pela Polícia Civil.

Segundo o delegado Franklin Albuquerque, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Mateus Yang Fernandes Ovídio, 19 anos, foi o responsável por atirar e matar o PM em 8 de junho de 2018.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, um dos três presos da ocorrência desta sexta-feira, em Candelária, também estava envolvido na morte do cabo. Ele estaria dirigindo o veículo que deu apoio ao crime.

Melqui Djalcy Rodrigues tinha 41 anos e foi morto na Avenida dos Caboclinhos, no bairro de Lagoa Azul, na zona Norte de Natal. Ele foi atingido na cabeça, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Um terceiro envolvido já havia sido morto em confronto com a PM, poucas horas após o homicídio contra o policial militar.

Por Portal no AR
Postado em 11 de janeiro de 2019 - 19:53h

Um homem morre e outro fica ferido após troca de tiros com a PM na Grande Natal

Um homem morreu e outro ficou ferido após uma troca de tiros com a Polícia Militar no início da tarde desta sexta-feira (11) em Pium, na cidade de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal. Um terceiro suspeito fugiu. Segundo a polícia, os três teriam realizado assaltos em Nova Parnamirim.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, os homens fizeram roubos em residências e estabelecimentos comerciais na região e em seguida fugiram. No meio do caminho, ainda em Nova Parnamirim, encontraram com um motorista de aplicativo parado embaixo de uma árvore.

O motorista afirma que parou no local para esperar o chamado de alguma corrida. Quando os assaltantes chegaram, ordenaram que entrasse no automóvel e acelerasse. Algumas ruas mais adiante, o veículo passou por um carro da polícia. O condutor conseguiu fazer um sinal para os policiais, que saíram em perseguição.

Já em Pium, próximo ao rio o motorista parou o carro e os três homens seguiram a pé, trocando tiros com a polícia. Dois suspeitos foram baleados: um morreu e o outro está internado no Hospital Walfredo Gurgel em estado grave. O terceiro fugiu e não foi mais visto. Nem o motorista, nem os PMs se feriram.

Por G1 RN
Postado em 11 de janeiro de 2019 - 19:51h

HOMEM É ENCONTRADO MORTO COM MARCAS DE TIROS EM SERRA DO MEL

Um homem identificado como José Lisboa Nunes Filho, conhecido como “Gaúcho” de 48 anos, foi encontrado morto com marcas de tiros dentro de um matagal no início da noite desta quinta-feira, 10 de Janeiro de 2019, entre as Vilas Sérgipe e Piauí, na cidade de Serra do Mel.
De acordo com o Sargento Valdemir, comandante do Destacamento daquela cidade, a vítima morava na Vila Goiás e há oito dias estava desaparecido, e no início da noite de ontem foi encontrado por populares em estado de putrefação e com marcas de disparos de arma de fogo.
A PM foi acionada e esteve no local fazendo e colhendo informações sobre o caso. O corpo foi periciado e removido pelo ITEP para a sede do órgão em Mossoró, para os procedimentos cabíveis.
Ainda não há informações a respeito da motivação e autoria do crime. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil da cidade, que tem a frente o Delegado José Vieira.
PASSANDO NA HORA
Postado em 11 de janeiro de 2019 - 19:43h

EQUIPE DA PAX DEUS É GRANDE APOIA ABERTURA DA FESTA DE PADROEIRO DE PARELHAS

NESSA QUINTA-FEIRA (10/01/19)  A EQUIPE DA PAX DEUS É GRANDE DEU APOIO NA ABERTURA DA FESTA DE PADROEIRO DA CIDADE DE PARELHAS COM EMPREGO DE AMBULÂNCIAS E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL.

MAIS UMA AÇÃO SOCIAL BEM SUCEDIDA DESSA EMPRESA QUE VEM APOIANDO TODOS OS EVENTOS DA REGIÃO DO SERIDÓ.

PARABÉNS A TODOS.

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 9:40h

Corpo de Bombeiros realiza dois partos em menos de 72 horas, em Campina Grande

O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba realizou dois partos dentro de viaturas em menos de 72 horas, em Campina Grande, conforme divulgado nesta quinta-feira (10).

Os casos aconteceram enquanto as mães estavam sendo levadas para o hospital. O primeiro ocorreu às 2h15 da madrugada da segunda-feira (7) e o segundo às 20h da quarta-feira (9).

Para o cabo Itamar, que comandava as equipes e também é formado em enfermagem, muitas vezes a profissão proporciona situações tristes, por isso, momentos como esse causam uma certa renovação.

“Foi uma experiência única, pois em 12 anos nos bombeiros e apesar de ser da área de saúde, eu nunca tinha conduzido um parto”, disse.

As mães e os bebês foram estabilizados dentro das viaturas e, então, levados para os hospitais

G1/PB

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 9:22h

Criminosos detonam explosivos em viaduto e queimam ambulância no 10º dia de ataques no Ceará

Criminosos voltaram a atacar um viaduto, prédios públicos e veículos entre a noite de quinta-feira (10) e a madrugada desta sexta-feira (11) no Ceará. A onda de violência no estado chegou ao 10º dia seguido com 187 ataques confirmados em 43 dos 184 municípios cearenses. O Governo do Ceará confirmou que, após a onda de violência, transferiu 41 membros de facções criminosas do estado para presídios federais, sendo 20 transferências realizadas entre a noite de quinta e a madrugada desta sexta-feira (11).

Os ataques começaram no dia 2 de janeiro, quando bandidos incendiaram ônibus, transportes escolares, veículos de prefeituras, prédios públicos e comércios na capital e no interior. A Secretaria da Segurança Pública comunicou que 287 suspeitos de envolvimentos nos crimes foram detidos. Os atentados iniciaram após o anúncio de medidas do governo para tornar mais rígida a fiscalização nos presídios cearenses.

Entenda o que está acontecendo no Ceará

  • O governo criou a secretaria de Administração Penitenciária e iniciou uma série de ações para combater o crime dentro dos presídios.
  • O novo secretário, Mauro Albuquerque, coordenou a apreensão de celulares, drogas e armas em celas. Também disse que não reconhecia facções e que o estado iria parar de dividir presos conforme a filiação a grupos criminosos.
  • Criminosos começaram a atacar ônibus e prédios públicos e privados. As ações começaram na Região Metropolitana e se espalharam pelo interior ao longo da semana.
  • O governo pediu apoio da Força Nacional. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o envio de tropas; 406 agentes da Força Nacional reforçam a segurança no estado.
  • A população de Fortaleza e da Região Metropolitana sofre com interrupções frequentes no transporte público, com a falta de coleta de lixo e com o fechamento do comércio.
  • Onda de violência no Ceará afastou turistas e fez a ocupação hoteleira no estado cair de 85% para 65%.
  • Explosão em viaduto

    A bomba foi explodida na parede do viaduto por volta das 22h. O barulho da explosão foi ouvido por moradores de bairros vizinhos. De acordo com uma moradora da região que não quis se identificar, a explosão gerou um tremor nas casas vizinhas. “Foi um estrondo muito forte, tipo como se tivesse uma implosão de um prédio”, comentou.

    De acordo com a Polícia Militar, parte do explosivo não detonou e por conta disso a área do viaduto foi isolada. Uma equipe do esquadrão antibombas da Polícia Militar foi acionado para o artefato e evitar uma nova explosão.

    Na madrugada de quarta-feira (9) também houve explosão no viaduto da estação da Linha Sul do Metrô de Fortaleza do Bairro Parangaba, em Fortaleza.

    Presos transferidos

    Como reação aos crimes, o Governo do Estado confirmou que mais 20 membros de facções criminosas que estavam detidos no Ceará foram transferidos para presídios federais em outros estados. As transferências ocorreram entre a noite de quinta e a madrugada desta sexta-feira. O governo não informou a identificação dos detentos nem os estados em que eles foram levados.

    O Ministério da Justiça confirmou que foram transferidos 15 presos do Ceará para o presidio federal de Mossoró. A operação foi finalizada na manhã desta sexta-feira, com escolta conjunta da Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e agentes do Governo do Ceará.

    O governador Camilo Santana já havia confirmado, em entrevista para a GloboNews, na quarta-feira (9), que 21 chefes de facções criminosas que estavam presos no Ceará foram levados para unidades federais, totalizando 41 transferências.

    O Governo Federal já havia oferecido 60 vagas para receber criminosos do Ceará.

    Motivação dos atentados

    Os atentados começaram após uma fala do novo titular da Secretaria de Administração Penitenciária do estado, Luís Mauro Albuquerque, que afirmou que iria acabar a entrada de celulares nos presídios e encerrar a divisão de presos nas detenções conforme a facção criminosa a que pertencem.

    O secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, afirmou que a nomeação do novo gestor das unidades prisionais motivou o início dos ataques. Em pichações em prédios públicos e residências, os criminosos pedem a saída de Mauro Albuquerque. “A criminalidade já conhecia o trabalho dele”, afirmou André Costa.

    G1/CE

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 8:36h

“Cada centavo que entrar no cofre usarei para pagar os servidores”, diz Fátima

Ao dar posse a cinco novos gestores da administração indireta na manhã desta quinta-feira, 10, a governadora Fátima Bezerra comemorou a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) de suspender uma decisão da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal que impedia o governo estadual de fazer uma operação financeira de antecipação dos royalties previstos para 2019.

Com isso, a administração petista poderá receber antecipadamente R$ 162 milhões previstos em pagamento de royalties de petróleo e gás ao longo do ano. Sob aplausos de servidores que lotaram o pequeno auditório da Governadoria, Fátima qualificou a decisão do desembargador Expedito Ferreira de “extraordinária”.

“Logo mais viajo para Brasília, onde já estão os secretários da Tributação e do Planeamento. Amanhã (sexta, 11), no Banco do Brasil, discutirei temas de interesse dos servidores e do povo do Rio Grande do Norte”, disse a governadora.

Acrescentou que chegará à capital federal “com mais força”, levando com ela a autorização da Justiça potiguar para discutir a antecipação das parcelas dos royalties do petróleo para o estado.

A governadora afirmou, ainda, que tão logo a Assembleia Legislativa retornar do recesso, enviará projeto de lei pedindo a antecipação dos três anos restantes.

“Todo e qualquer centavo que entrar nos cofres do Estado, desde que eu tenha o devido respaldo legal, será destinado para quitar os salários atrasados dos servidores públicos do nosso Estado”, declarou a governadora, sob aplausos da plateia.

Com pouco mais de uma hora de atraso, a governadora deu posse a Mário Victor Freire Manso na direção do Instituto de Defesa Agropecuária (Idiarn); Theodorico Bezerra Netto, no Instituto de Pesos e Medidas (Ipem); Leonlene de Sousa Aguiar, no Instituto de Desenvolvimento Sustentável do RN (Idema); Francisco Caramuru Azevedo, no Instituto de Águas do RN (Igarn); e Carlos Peixoto, no Departamento Estadual de Imprensa.

Depois de chamar a atenção do cerimonial, que se demorou para nominar a presença de representantes de movimentos sociais e fazer os novos colaboradores a tirarem uma foto com ela de mãos dadas, Fátima fez algumas referências carinhosas a colaboradores, em especial a seu vice, Antenor Roberto (PCdoB), e ao novo diretor do Idema, Leonlene Aguiar.

Deste ela disse esperar rapidez e eficiência na expedição de licenças, desde que respeitada a legislação ambiental.

Pela primeira vez desde que assumiu, durante uma solenidade pública, Fátima mencionou o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – atualmente preso em Curitiba, onde cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro – quando falou sobre as obras de transposição do Rio São Francisco, que ainda não chegaram ao Rio Grande do Norte.

AGORA RN
Postado em 11 de janeiro de 2019 - 8:31h

Justiça manda prender homem acusado de tentar matar a ex-companheira em Serra do Mel cinco anos após o crime

Policiais civis da Delegacia de Serra do Mel na região Oeste Potiguar com apoio da Polícia Militar, prenderam na tarde desta quinta feira, 10 de janeiro de 2019, um homem acusado de tentar matar a facadas sua ex-companheira.

Francisco Fábio Mesquita, foi preso na Vila Rio Grande do Norte e segundo o delegado da cidade, Dr. José Vieira de Castro, a prisão ocorreu em cumprimento a um mandado judicial. Ele é acusado de ter tentado matar a facadas, sua ex-companheira, Rita Angélica da Silva, em dezembro de 2013  em Serra do Mel.

Cinco anos depois, a justiça decidiu expedir o mandado de prisão contra o acusado, mandado este cumprido nesta quinta feira. De acordo com o delegado, durante os trâmites do processo, o acusado ignorou as intimações feitas pela justiça e não compareceu a nenhuma audiência para prestar depoimento no judiciário.

Após ser preso, Francisco Fábio foi encaminhado à delegacia para os procedimentos cabíveis e depois conduzido à Cadeia Pública de Mossoró, onde vai aguardar decisão da justiça.

FIM DA LINHA

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 8:29h

Justiça manda prender acusado de tentativa de latrocínio na região da Maísa zona rural de Mossoró

Imagem

Agentes da Delegacia de Furtos e Roubos com apoio da Força Nacional cumpriram nesta quinta-feira 10 de janeiro de 2019 um mandado de prisão contra um homem acusado de tentativa de latrocínio na região da Maísa zona rural de Mossoró.

Robson lian Negreiros de Medeiros foi preso em casa no sítio Pau Branco. Ele é acusado de no dia 12 de setembro de 2018 ter tentado matar uma mulher durante uma assalto na BR 304.

Josefa Ferreira dos Santos trafegava com a filha em uma motocicleta e não obedeceu a ordem de parada dada pelos assaltantes que estavam no local, no caso o Robson liam Negreiros de Medeiros e um adolescente. A condutora da moto tentou fugir acelerando o veículo e o liam teria disparado contra Josefa que foi atingida com três tiros.

A vítima foi socorrida para o hospital Tarcísio Maia em Mossoró e sobreviveu ao atentado. Na época, Robson chegou a ser preso pela equipe da delegacia de furtos e roubos e confessou que estava no local mas disse que quem atirou na vitima teria sido o adolescente que estava com o mesmo.

Robson foi conduzido à Delegacia de Furtos e Roubos onde foi autuado por tentativa de latrocínio e depois de passar pelo ITEP para realização de exame de corpo de delito foi encaminhado à cadeia pública onde está a disposição da justiça.

FIM DA LINHA

Postado em 11 de janeiro de 2019 - 8:27h