Mulher grávida e marido são agredidos pelo ex-companheiro dela e comparsas em Natal, diz PM

Uma mulher grávida e o marido foram agredidos fisicamente, na noite de sexta-feira (21), no bairro Alecrim, Zona Leste de Natal. Segundo a polícia, o crime foi cometido pelo ex-companheiro da mulher, junto com dois comparsas.

De acordo com o 1º Batalhão da Polícia Militar, o caso aconteceu na avenida Presidente Bandeira. A mulher estava em uma cigarreira, onde comemorava o aniversário de dois anos da filha, quando foi surpreendida pelo ex-companheiro, que não aceita o fim do relacionamento.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito teria chegado ao local acompanhado de mais dois comparsas e agrediu o casal com socos e pontapés.

Uma testemunha contou que a filha da mulher espancada tem dois anos de idade e presenciou as agressões contra a mãe e o padrasto. As vítimas sofreram as agressões na cabeça e no abdómen.

“Era o aniversário da menina dela. Estava tudo muito bom. Ela organizou o bolinho, tudo. De repente o ex dela chegou, ficou do outro lado da rua. Depois chegaram os amigos dele, começou uma confusão, foi para o outro lado e começaram a dar chute neles”, disse uma testemunha, que pediu para não ser identificada.

A grávida está nas primeiras semanas de gestação, sofreu golpes na barriga e foi levada ao hospital com sangramento.

Após o crime, os agressores fugiram do local e a grávida ficou machucada no chão. As testemunhas acionaram a Unidade Móvel de Urgência do Samu. O marido, que também foi agredido, ficou sentado com a mulher no chão aguardando os profissionais finalizarem os primeiros socorros.

A mulher foi socorrida ao pronto-socorro do Hospital Walfredo Gurgel.

Uma viatura da PM foi ao local, ouviu testemunhas, mas não localizou nenhum suspeito.

G1RN

Postado em 22 de abril de 2023 - 12:55h