Operação combate tráfico de drogas e lavagem de R$ 37 milhões em Natal e outros seis estados

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (27), a Operação Tricoat II, com o objetivo de aprofundar investigação contra organização criminosa dedicada à lavagem de dinheiro oriunda do tráfico de drogas interestadual. Na ação, foram mobilizados mais de 100 policiais federais para os cumprimentos de dois mandados de prisão e 24 mandados de busca e apreensão em Natal, no Rio Grande do Norte, além dos estados do Acre, Santa Catarina, Maranhão, Manaus, Pará e Piauí. Os suspeitos movimentaram mais de R$ 37 milhões de reais em suas contas bancárias durante o período apurado, grande parte por meio de transações em espécie.

As investigações contra o grupo criminoso iniciaram-se em janeiro do ano passado, em que foi constatado um esquema profissional responsável pelo envio de drogas para estados do Brasil, principalmente, para a região Nordeste, por meio terrestre. Além disso, apurou-se a realização de lavagem de capitais oriundas do tráfico de drogas.

Para lavar o dinheiro proveniente das atividades criminosas, um núcleo – liderado por um empresário acreano – se utilizava de um mercado sediado em Rio Branco, a fim de simular um funcionamento regular do estabelecimento, para justificar os valores e os bens obtidos com o lucro do tráfico interestadual de drogas.

Diante da situação, foram autorizados pela Justiça o Bloqueio de Contas, sequestro de imóveis, terrenos, itens de luxo, bem como carros.

Os investigados serão indiciados por integrar associação criminosa para o tráfico de drogas, por lavagem de dinheiro e por tráfico interestadual de drogas, cujas penas somadas podem chegar até 33 anos de prisão.

Tribuna do Norte

(FOTO: Divulgação/Polícia Federal)

Postado em 27 de abril de 2023 - 18:18h