Suspeito de ajudar os fugitivos do presidio federal de Mossoró, tem prisão temporária convertida em preventiva pela justiça

A prisão temporária de cinco dias, decretada pela justiça federal, na última quarta feira 21 de fevereiro em desfavor de Jânio Gleidson Carneiro de Souza, tem prazo para terminar nesta segunda feira (26), no entando antes mesmo do prazo final, a justiça já converteu a temporária em prisão preventiva.

Informações repassadas com exclusividade ào Blog Fim da Linha, por uma fonte não revelável, a decisão da justiça foi tomada na manhã de hoje (26). Jânio Gleidson foi preso pela Força Tarefa que trabalha na recaptura dos dois fugitivos da Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Mossoró, cuja fuga ocorreu dia 21 do corrente mês.

De acordo com a PF, ele é suspeito de dar apoio logístico aos dois criminosos e foi preso quando chegava em casa com a namorada na Comunidade de Quixabeirinha, no Bairro Aeroporto em Mossoró.

Jânio teria vindo de Baraúna, onde supostamente havia deixado um carro, trazido do Ceará, que seria usado pelos fugitivos na fuga.

FIM DA LINHA

Postado em 27 de fevereiro de 2024 - 16:53h