Suspeito de matar filho de policial é preso por violência contra mulheres em Parnamirim

Policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Parnamirim, com apoio da 1ª Delegacia Distrital (DP) de Parnamirim, prenderam nesta quinta-feira (12) um homem suspeito de agredir fisicamente duas mulheres. Eridan Martins de Oliveira, de 25 anos, tinha dois mandados de prisão em aberto.

Segundo a Polícia Civil, um dos mandados é decorrente de sentença condenatória pelo cometimento dos crimes de lesão e cárcere privado. Já o outro, de prisão preventiva, é pela prática de lesão, ameaça e injúria.

Outra investigação da Polícia Civil também aponta que Eridan teria cometido violência doméstica contra uma terceira vítima. Somente na DEAM Parnamirim, ele é investigado em três inquéritos policias, um por lesão corporal e cárcere, outro por injúria, ameaça e lesão e um terceiro por ameaça e lesão.

Além disso, Eridan Martins também é suspeito de ter matado o filho de um policial militar. Eridan foi preso no bairro de Passagem de Areia, em Parnamirim, e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

JAIR SAMPAIO

Postado em 13 de março de 2020 - 8:53h